EDUCAR COM ARTE – TUDO PARA O EVANGELIZADOR ESPÍRITA

Postado inicialmente em:
http://www.artedeeducarcomarte.com.br/links.html

EDUCAR COM ARTE

Um Trabalho de Amor à Criança e à Arte

Ahomepage dedicada ao educador espírita

inaugurada em 2006

Índice

1- Mensagem espiritual de Maria Montessori

2- Links e dicas ao educador

1- Mensagem espiritual de Maria Montessori

O espírito da educadora Maria Montessori, através da mediunidade de Dora Incontri (livro: A Educação Segundo o Espiritismo – editora Comenius), nos transmite importante mensagem, da qual procuramos extrair fragmentos para nossa reflexão sobre nosso papel enquanto educador:

“ …Deixai que vosso coração arda na chama da Educação, para que contagieis vosso ambiente, abrais espaço em outros corações e arrasteis outras mentes neste propósito sublime!

Educação pelo amor – essa que deve tocar as fibras mais íntimas do ser, para remetê-lo à sua própria essência, para que ele se reconheça como consciência livre e responsável, espelho da Divindade!

Educação do Espírito – essa que promove o diálogo profundo entre as almas, educador e educando – diálogo que gera a luz do progresso interior.

Educação Espírita – essa que põe diante dos olhos da criatura seu destino imortal, suas potencialidades infinitas e a grandeza imensurável da Criação…

Educar o Espírito pelo amor é talvez a mais simples e justa definição de Educação Espírita. É a renúncia à violência, ao autoritarismo, à indiferença. Impregnando-se de amor e reverência pelo outro – o educador desta Pedagogia é capaz de se tornar um agente da evolução alheia, proporcionando ao mesmo tempo ao seu próprio espírito a oportunidade de crescer em virtude, paciência e compreensão!

Para atingir este estágio de educador pleno, basta que o Espírito se descubra ele próprio como portador do germe divino, como criatura herdeira de Deus!

Confiança no ser humano, alegria existencial contagiante e entusiástica, firmeza de convicção – são conseqüências naturais dessa conversão íntima, por que deve passar quem deseja ser educador de fato! …”

Voltar

2- Links e dicas ao educador

Aqui o educador encontrará links para sites por tópico, dicas em geral de materiais disponíveis de várias fontes para melhor preparar suas aulas. Teremos alguns educadores de casas espíritas que estarão colaborando na indicação destes sites como Vanderli (Vandi) Galceron (C.Esp. Maria de Magdala – Itapevi/SP); Michelle Barbosa (C.E.A.E Aprendizes do Evangelho – Vila Nhocuné/SP); Maurício Silva (N.A.E. Francisco de Assis – Ipiranga); Renata Stort (Grupo Espírita Teatral União) – São Bernardo do Campo/SP); Sandra Bueno (S.E.Esp. 03 de Outubro –Lapa); Izabel Cristina Daguila (S.E. Eurípedes Barsanulpho – Pirituba/SP); e Ilda Lima (G.Esp. Lazara da Conceição – Pinheiros/SP e membro da Associação Paulista de Pedagogia Espírita – APPESP).

Se você quiser colaborar sugerindo outros sites ou dar informações relevantes ao educador da infância e juventude, por favor entre em contato conosco: g.intera .

Aguardamos seus comentários.

Flávia

I – MÚSICA

II – TRABALHOS MANUAIS

III- TEATRO

IV- HISTÓRIAS / LITERATURA

V- CINEMA / DESENHOS ANIMADOS

VI – DANÇA

VII – BRINCADEIRAS / JOGOS

VIII – PINTURA / DESENHO

Voltar

I – MÚSICA

Os sites abaixo visam trazer fonte de pesquisa ao educador espírita sobre onde encontrar músicas, grupos artísticos diversos que poderão ter Cds e outros materiais de utilidade para dinamizar suas aulas.

a) www.musicexpress.com.br

O número de grupos musicais espíritas é grande e muitas músicas em mp3 poderão ser baixadas para utilização.

b) http://lcissa.blogspot.com/

A Arte Música Brincando é o nome deste blog criativo e instrutivo trazido por Cissa Laval e foi criado para a troca de ideias em arte-educação voltada para a musicalização infantil.

c) http://www.cvdee.org.br/ev_musica.asp?id=016-030#musicas

O site CVDEE traz muito material ao educador espírita. Algumas músicas poderão ser baixadas em mp3.

d) http://www.planetarei.com.br/100anos/index.htm

Uma coletânea de músicas desde 1904 até 2008, trazendo links de clips no YOUTUBE.

e) http://www.mofra.org.br/biblio/musica/

O site do MOFRA – Movimento da Fraternidade é site bem organizado e traz muitas opções de músicas com áudio, além de letra com cifras.

f) http://www.levarte.org.br/Arte/

O Levarte traz várias dicas sobre diversos campos da Arte, porém é necessário se cadastrar para fazer downloads e utilizar seus materiais.

g) http://www.levarte.org.br/Arte/

O Levarte traz várias dicas sobre diversos campos da Arte, porém é necessário se cadastrar para fazer downloads e utilizar seus materiais.

h) http://www.qdivertido.com.br/cantigas.php Este seite é bem diversificado, não espírita, mas traz muito material para o educador. No campo da música, há uma lista ampla de cantigas de roda (sem som), mas que o educador poderá tentar localizar arquivos mp3 em sites de buscas como Google, por exemplo.

i) http://www.barbatuques.com.br/index_frame.htm O site do grupo Barbatuques é excelente com vários exemplos de sons que realizam com a voz, corpo e objetos. Há alguns vídeos de suas apresentações também.

j) http://loja.clubedearte.org.br/ O Clube de Arte (RJ) oferece para compra muitos Cds, DVDs de vários grupos e cantores do movimento espírita. Você pode ficar sócio e contribuir mensalmente e irá receber em sua casa um Cd, DVD, ou livro a cada mês.

k) Entre em contato com musica_espirita para questionar sobre grupos musicais, tema de música específica, pois os participantes deste grupo são educadores da infância que trocam idéias sobre músicas, são artistas diversos do movimento artístico de todo o Brasil, que poderão melhor ajudá-lo.

l) http://www2.uol.com.br/ruthrocha/historias.htm

Site da escritora Ruth Rocha é muito bom, pois traz músicas junto com algumas histórias contadas por ela.

m) www.uniaoeharmonia.org.br www.musicexpress.com.br/uniaoeharmonia

O Grupo Vocal União e Harmonia há muitos anos vem desenvolvendo um trabalho musical intenso, produzindo os Cds ” PARAFUSO ” – ” TERCEIRO MILÊNIO ” -” CAMINHO AZUL ” – ” GUENTA…CORAÇÃO!! ” . Para entrar em contato para apresentações, contatar Roberto Ferreira: rferreira ou uniaoeharmonia .

n) http://www.anjoismael.org/castela/

O Grupo Musical Castelã é de São José dos Campos/SP e neste site vocês encontrarão suas músicas para ouvir e também obter cifras e letras. Vale a pena conferir.

o) contato .

p) Links de músicas no YOUTUE para a galera jovem:

= Banda Nova Era do Pólo V – Música: Cidadão na Imensidão

= Fabiano do Pólo IX – XXIX COMEERJ 2008 – Música: Arte de Viver

= Gisele Guimarães e Carla Giori do Pólo VI – Repertório da COMEERJE 2008 – Música: Decisão

= Lilia Rosa e Carla Luz do Pólo XVI – Música: Ousar e Decidir

= Marcelo Manga do Pólo XVIII– Música: Coragem Moral

= Renato Pavani do Pólo VII – Música: A maior ousadia

Voltar

II – TRABALHOS MANUAIS

Os sites abaixo visam trazer fonte de pesquisa ao educador espírita sobre onde encontrar várias dicas para fazer trabalhos manuais (EVA, sucata, origami, etc.) e outros materiais de utilidade para dinamizar suas aulas.

a) http://rfoelker.sites.uol.com.br e blog http://ideiasjogadas.blog.uol.com

O site de Rita Foelker, escritora de livros infantis e origamista, traz muitos esquemas de dobraduras para confeccionar. Vale a pena conferir!

b) http://www.nihonsite.com/orig

Site sobre Origami, com algumas informações sobre esta arte japonesa, com símbolos gráficos, mode de fazer (passo-a-passo), informações sobre exposições e locais que ensinam esta linda arte. Vale a pena conferir!

c) http://www.freewebs.com/evangelizacaoespirita3/eva.htm

Sida de Vera Stefanello, que leva diretamente à página de trabalhos em E.V.A. Várias sugestões, porém não tem o passo-a-passo, mas parece fácil de se fazer só olhando as figuras e fotos.

d) http://www.freewebs.com/evangelizacaoespirita3/chapusanimais.htm

Outra página do site de Vera Stefanello, onde a sugestão é confeccionar, com a criançada, chapús em forma de animais. Não há o passo-a-passo, apenas a foto do molde do chapéu.

e) http://www.freewebs.com/evangelizacaoespirita3/desenhandocomosdedos.htm

Aqui a sugestão é através de “carimbos” feitos com as digitais, formando-se desenhos alegres e criativos. É só soltar a imaginação e utilizar a criatividade adaptando a atividade em aulas de evangelização.

f) http://www.freewebs.com/evangelizacaoespirita3/fantochesdedoches.htm

Nessa página de Vera Stefanello, encontramos um forte aliado para contar histórias: o fantoche ou dedoches. Simples de confeccionar e fáceis de encantar!

g) http://www.freewebs.com/evangelizacaoespirita3/idias.htm

Aqui poderemos encontrar uma mistura de idéias que certamente auxiliarão os educadores na hora de criar alguma atividade com lembrancinhas e, se possível, reutilizando materiais (latinhas, rolinho de papel, etc…). Muito bom, embora não tenha o passo-a-passo, mas só olhando já dá para ter a idéia.

h) http://www.freewebs.com/evangelizacaoespirita3/receitasteis.htm

Nessa página, encontraremos receitas de massinha para modelar, cola branca, tinta para pintura a dedo; afinal de contas sabemos que os recursos para o nosso trabalho não estão disponíveis. em abundância, então por que não confeccionarmos nós mesmos?

i) http://www.freewebs.com/evangelizacaoespirita3/tangram.htm

Para quem gosta de trabalhar com o Tangran, encontrará aqui diversas idéias e sugestões.

j) http://www.searadomestre.com.br/evangelizacao/

Aqui há várias sugestões de aulas, cujas atividades são diversas. Vale a pena conferir esse site. Para cada aula há sugestões de atividades de diversas modalidades (trabalhos manuais, histórias, teatrinhos, entre outros.)

k) http://www.compam.com.br

Esse portal é demais e ensina tudo sobre reciclagem. Confira!

– o que é, como, onde, o que reciclar;

– coleta seletiva, tipos de lixo

– como reciclar papel

– Meio Ambiente ( especial sobre o Pantanal)

– Casa ecológica ( é só clicar em um ambiente interativo, a casa traz dicas divididas por cômodos. Ao passar o mouse sobre cada uma das áreas, uma janela de sugestões é aberta.)

l) http://www.tiogui.com.br

Este site ensina a fazer brinquedos, tem jogos, astronomia, brincadeiras, muito materiai para apoio a pesquisa escolar; dobraduras; meio ambiente com dicas de transformar o material reciclado.

Voltar

III – TEATRO

Os sites abaixo visam trazer fonte de pesquisa ao educador espírita sobre esquetes teatrais, peças espíritas e/ou não, arte clown e outros materiais de utilidade para dinamizar aulas, na área de artes cênicas.

a) www.gestu.com.br

O Grupo Espírita Teatral União (São Bernardo do Campo/SP) é formado por 04 palhacinhas muito divertidas e que não só levam o teatro clown em suas apresentações às casas espíritas (ou não), mas também oferecem oficinas nesta área, além de outras atividades para crianças e educadores. Vale a pena conferir!

b) http://grupovirtude.atspace.com

O Grupo Teatral Virtude (SP) vem fazendo um bonito trabalho no meio espírita, com vários espetáculos, para todas as idades. Entre seus trabalhos, vocês poderão ver Deus é como acúçar; Os contadores de emoções; A flor do perdão; O julgamento de Judas.

c) http://www.barralink.com.br/teatro/

Este grupo de teatro espírita possui um site muito legal para quem gostaria de iniciar com o teatro na sua casa espírita. Tem dicas sobre tudo, desde exercícios teatrais até como usar a sonoplastia.

d) http://arteespirita.com.br/index.php?option=com_frontpage&Itemid=1

A Companhia Espírita Laboro traz links de suas peças teatrais e esquetes, bastando entrar em contato com eles para disponibilizá-las.

Voltar

IV – HISTÓRIAS / LITERATURA

Os sites abaixo visam oferecer recursos diversos – como livros para downloads, idéias diversas para se contar histórias e outros materiais de utilidade para dinamizar suas aulas área da literatura e ciência .

a) http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/PesquisaObraForm.jsp

O Portal Domínio Público é uma biblioteca digital de onde pode se fazer downloads de vários livros, poesias e até músicas em mp3. Vale a pena explorá-lo.

b) http://super.abril.com.br/superarquivo/index_superarquivo.shtml

Os editores da Revista Super Interessante, em um gesto incomum, liberou para leitura e consulta, todo o conteúdo das edições antigas da revista, de 1988 a 2006. Excelente material para pesquisa e utilização em sua aula.

c) http://www.meninomaluquinho.com.br/

Site do Menino Maluquinho, personagem do autor Ziraldo. Tem tirinhas de histórias, história do dia, profissões, piadas, enfim. O site é assim como o Maluquinho apaixonante.

d) http://www.saudeanimal.com.br/

O Saúde Animal é um site maravilhoso! No Menu tem um índice geral com vários assuntos relacionados a vários animais. Vale a pena conferir.

e) http://www2.uol.com.br/JC/sites/kids/home.htm

No JC Kids, você encontra diversas histórias sobre nosso folclore. No menu, acesse CURIOSIDADES, ERA UMA VEZ, link LIVROS e VÍDEOS, entre outros. Site a ser explorado tanto pelos educadores como, especialmente pelas crianças.

f) http://www.tvcultura.com.br/aloescola/infantis/chuachuagua/

O Alô Escola é site produzido pela TV Cultura, cheio de informações sobre a importância da água e de como preservá-la; jogos animados; dicas sobre a língua portuguesa; literatura; histórias infantis.

g) http://sitededicas.uol.com.br/cfolc.htm

O site é riquíssimo em conteúdo, principalmente para pais e educadores. Histórias ilustradas (contos da carochinha; fábulas ilustradas; contos infantis ilustrados, etc.); material para pesquisa; jogos para download; desenhos para colorir, folclore.

h) http://www2.uol.com.br/ruthrocha/historias.htm

Site da escritora Ruth Rocha é muito bom, pois traz músicas junto com algumas histórias contadas por ela.

i) http://criancas.uol.com.br/historias/fabulas/

Este site da UOL traz muitas fábulas ilustradas e com som, além de vários jogos para as crianças se divertirem.

j) www.rodadehistorias.com.br

Neste site existe a relação dos Contadores, o material é muito bom! Particularmente, considero o melhor, já que encontrará a nata dos educadores.

(recomendação da educadora/contadora de histórias Rosângela Gaibina: re-enge )

k) www.vivaedeixeviver.org.br

Essa associação prepara os voluntários (não só) para contar em hospitais. Oferecem cursos ótimos

(recomendação da educadora/contadora de histórias Rosângela Gaibina: re-enge)

l) http://www.contandohistoria.com/

Este site é dedicado ás crianças e pessoas que gostam de ler e sonhar. Você também pode fazer parte, enviando sua história, curiosidades, poemas, fatos interessantes.

Ele é todo feito com animação, muito colorido e traz idéias ótimas. Entre os links estão: Histórias divertidas; Fábulas; Amigos da Disney. Também tem filmes no link Novidades.

Vale a pena conferir!

m) http://www.techs.com.br/meimei/historias.htm

Aqui o educador encontrará muitas histórias com temas bem legais para a Educação moral. Abaixo alguns nomes de histórias. Mas, fica ao critério do educador utilizá-las

da melhor maneira.

* “A alegria de Gerson (7 a 8 anos); * “A árvore triste” (4 a 6 anos); * A história do filho pródigo; * O senhor e seu servo; * A prece de André; entre outras.

Voltar

V- CINEMA / DESENHOS ANIMADOS

Os sites abaixo visam oferecer recursos diversos na área do Cinema, Desenhos Animados e Ilustrações, além de outros materiais de utilidade para dinamizar suas aulas na área da arte visual.

a) http://spoilermovies.com/filmes

Este é o link do site do nosso amigo educador Maurício Silva (Núcleo A.E. Francisco de Assis – Ipiranga/SP), que é cinéfilo e desenvolve um trabalho bem legal fazendo crítica dos filmes e dando sinopses. Este link traz todos os filmes já comentados (inclusive os 65 longas da Disney). Vale a pena conferir.

b) http://www.portacurtas.com.br/naescola.asp

Para ajudar o educador e o educando, este site patrocinado pela Petrobrás traz vários curta-metragens com temas diversos de interesse tanto para o educador quanto para o educando. Cadastre-se e assista a vários filmes.

c) http://www2.uol.com.br/JC/sites/kids/home.htm

No JC Kids, você encontra diversos filmes (acesse o link CINEMINHA) sobre nosso folclore e tantas outras histórias (ex: Minhocas, A história do futebol, O rapto das cebolinhas, etc.). Site a ser explorado pelas crianças.

c) http://www.disney.com.br/

No site Disney Brasil, você poderá encontrar traillers de filmes com legenda, jogos e outras atividades tanto para o educador como para as crianças.

d) http://www.hannabarbera.com.br/hb.php

Talvez seus alunos não tiveram a oportunidade de conhecer estas personagens do desenho animado dos anos 70, alguns deles ainda fazem parte de nossos cartoons da TV. Suas histórias são engraçadas e mais ingênuas, se comparadas com as histórias da TV de hoje. Se você quiser dar uma olhada no site da Hannabarbera, encontrará músicas, figurinhas e cenas de abertura dos desenhos, e muito mais. Entre eles estão: Flintstones, os Jetsons, Zé Colmeia, Catatau, o Patinho Duque, Dom Pixote, o lobo Joca, Chivisco, o gato Manda Chuva, Batatinha, a tartaruga Touché, etc.

e) http://www.smilinguido.com.br/presentes/colorirs.php?theme=16

Site cheio de jogos; historinhas do Smilingüido e sua turma; cartões e desenhos para colorir (eles têm temas extraídos da bíblia, como A criação; Amizade; Páscoa; Natureza, etc.)

f) O mundo das tiras em quadrinhos:

Opinião do educador Maurício Silva (mrmarfil):

“ O uso das tiras são muito interessantes como forma de debate para os jovens, principalmente as do Calvin e da Mafalda que sempre questionam sua visão do mundo.

Uma forma de trabalhá-las seria dividir a turma em grupo, apresentá-las e propor uma discussão”

1) http://depositodocalvin.blogspot.com/ tiras de Calvin e Haroldo

2) http://casadosnoopy.blogspot.com/ – Snoopy

3) http://tirinhastdm.blogspot.com/ – Turma da Mônica

4) http://www.baunilha.org/wulff// – Wulfmorghenthaller

5) http://tirinhasdogarfield.blogspot.com/ – Garfield

6) http://clubedamafalda.blogspot.com/ – Mafalda

7) http://tiras-zero.blogspot.com/ – Recruta Zero

8) http://tiras-hagar.blogspot.com/ – Hagar, o Terrível

9) http://www.laerte.com.br/ – Tiras do Laerte (Overman, Los tres Amigos, Piratas do Tietê)

Voltar

VI- DANÇA

Os sites abaixo visam oferecer recursos diversos na área da Dança, especialmente a Dança Circular e do movimento do corpo com links de vídeos do Youtube para que o educador dinamize suas aulas na área corporal.

a) Oficina de Dança Circular de 18.09.10 – com a focalizadora Rachel Prada. Veja as danças nestes links do YOUTUBE:

a.1) Música Vila Sésamo – Brasil =

a.2) Al Po Logo – Rússia =

a.3) Donguri Korokoro – Japão =

a.4) Música Al Ahat – Israel =

a.5) Meditação da Flor =

b) AEA vai até o C.E. Obreiros do Bem (22/05/2010) – I Mostra de Artes –

A Magia da Dança Circular – Dança: Bem-Te-Vi (MG – Brasil) –

c) AEA vai até o C.E. Obreiros do Bem (22/05/10) – I Mostra de Artes –

A Magia da Dança Circular – Dança: Camino de Piedras (Peru) –

d) http://www.dancascircularesrj.com.br/11.html

O site Danças Circulares RJ traz orientação valiosa para quem quiser saber mais sobre os benefícios da dança circular, sua histórias. Veja os vários itens do Menu. Abaixo, deixamos alguns links de vídeos com as danças para você ver, aprender e posteriormente poder utilizar em suas aulas.

Vídeo 1Dança do Sol – concebida pelo nosso mestre Bernhard Wosien, dançada ao som da cantata 208 de Bach.

Vídeo 2 Marcas do que se foi – é para dançar neste fim do ano, cantando a música de Zurana ou Ribeiro J Francisco, Paulo S Valle e Rui Mauriti (em cada lugar tem uma informação diferente sobre a autoria) – a coreografia é de Sandra Mazzoni.

Vídeo 3 Andrea Leoncini de SP editou um vídeo para o Dia das Secretária, que é em 29/09, sobre as Danças Circulares –http://www.youtube.com/v/1Wa2NMc2Pq8&rel=1

Vídeo 4 Flor Amorosa – coreografia de Cristiana Menezes para o clássico chorinho de Antonio Joaquim Callado

Vídeo 5Mi jetnenie of – coreografia deY. Ashriel para a melodia tradicional israelita Shir Noded.

Vídeo 6Xote das Meninas– coreografia de Lúcia Cordeiro para o clássico de Luiz Gonzaga.

e) Oficina de Dança Circular – 17.05.08 – Encontros A Arte de Educar com Arte (vide menu de nosso site para mais informações)

Estes são os 03 links das 02 danças circulares indígenas dadas em nossa Oficina de Dança Circular. Esperamos que possam utilizar em seus grupos. Para mais informação, entrar em contato com g.intera :

Vídeo 1 – Tanguará (dança dos índios Guarani):

( 1ª dança circular indígina – parte 01 )

Vídeo 2 – Tanguará (dança dos índios Guarani):

( 1ª dança circular indígina – parte 02 )

Vídeo 3 – Bolojó (dança com influência das línguas Tupi e Yorubá):

( 2ª dança circular )

Voltar

VII – BRINCADEIRAS / JOGOS

Os sites abaixo visam oferecer recursos diversos na área dos Jogos e Brincadeiras, além de outros materiais de utilidade para dinamizar suas aulas na área lúdica.

a) http://www.mingaudigital.com.br/ O Mingau Digital traz várias atividades diretamente para a criança. Além de jogos e brincadeiras, você encontra informações histórias para várias matérias escolares, fábulas, folclore e dicas na seção Minforma.

b) http://www.tiogui.com.br/

Este site ensina a fazer brinquedos, tem jogos, astronomia, brincadeiras, muito material para apoio à pesquisa escolar.

c) http://www.tvcultura.com.br/aloescola/infantis/chuachuagua/ O Alô Escola é um site produzido pela TV Cultura, cheio de informações sobre a importância da água e de como preservá-la; jogos animados; dicas sobre a língua portuguesa: literatura; histórias infantis.

Voltar

VIII- PINTURA / DESENHO

Os sites e/ou links abaixo visam oferecer recursos diversos na área da Pintura e Desenho, além de outros materiais de utilidade para dinamizar suas aulas nesta área.

a) http://picasaweb.google.de/dij.ceeak/Comportamento

http://picasaweb.google.de/dij.ceeak/BoasAtitudes

http://picasaweb.google.de/dij.ceeak/MeioAmbiente

Aqui temos várias fotos sobre o comportamento infantil, compilados por Arlete – educadora espírita da Suiça. Para maiores informações, entrar em contato com ela:fam_laenz .

b) http://www.searadomestre.com.br/evangelizacao/moiseshist.htm

O site do centro espírita Seara do Mestre (zona sul de SP) oferece vários recursos para aulas. Aqui está o comentário da educadora Sandra Bueno (S.E.E. 03 de Outubro – tulipanegra63 ) sobre como ela utilizou este material:

“ Do PowerPoint dado no site, fiz aula sobre Moisés. Com os desenhos fiz quebra-cabeça e jogo da memória e utilizei como fixação após a aula. Após a aula, utilizei o desenho para passar a aula [como TV (caixa de papelão, cola-se o desenho um no outro e prende-se em 02 rolos ou pode ser cabo de vassoura. Vai se passando a história como um filme).”

Voltar

A Importância das Mocidades Espíritas – Frederico G. Costa

A Importância das Mocidades Espíritas

Frederico G. Costa

As mocidades espíritas tornam-se cada vez mais importantes na Seara do Mestre. Quando questionamos aos freqüentadores de um centro espírita se eles chegaram a ele pela dor ou pelo amor, a resposta e quase unânime: pela dor! Concordo que isso seja reflexo de uma doutrina recente na história da humanidade, mas os centros espíritas não podem esperar sempre por freqüentadores que venham pelo sofrimento moral, físico ou espiritual. Eles também podem optar por ações preventivas que garante equilíbrio entre trabalhadores e assistidos, fornecendo à casa voluntários aptos e com muita força de vontade de colaborar.

Uma ação que pode ser tomado pelos dirigentes para garantir ao centro espírita pessoas que já tenham despertado para o ideal da caridade, é a criação de mocidades. Mocidades ativas, participantes e com o apoio e incentivo da sua casa de oração.

Eu poderia estar apresenta do inúmeros argumentos para validar a presença da mocidade dentro de um centro, mas não podemos nos esquecer que uma mocidade guarnece a família e fornece aos jovens subsídios para protegerem-se de males que estão de fácil acesso a todos

(…) Mas o leitor amigo deve estar imaginando: como reunir jovens para um centro espírita e como fazer para estes não criarem problemas? Afinal jovem é jovem em qualquer lugar! E mais: para que “meu” centro precisa de uma mocidade?

Esses são realmente os pensamentos da maioria, mas quando o centro resolve abraçar esse investimento em seu futuro, a mocidade rende trabalhos grandiosos na Seara do Mestre. Vamos começar a analisar como os jovens podem ajudar. Uma vez que a maioria das pessoas chegam ao Espiritismo pela dor, o processo para que essa atinja o equilíbrio e assuma tarefas dentro da casa é razoavelmente longo; sem falar no tempo de escola de desenvolvimento mediúnico. Contudo, com uma mocidade, todos estariam sempre em estudo evitando darem cabeçadas na vida. E ao invés de procurarem uma casa de oração somente para aliviar suas dores, os jovens serão agentes multiplicadores na sociedade, que formarão uma família já dentro da conduta espírita. Com uma disponibilidade de horário totalmente diferente dos outros trabalhadores do centro, que normalmente são casados, possuem família e que participam durante as noites da semana, os jovens podem ser uma extensão dessas atividades nos fins de semana, criando assim grupos de estudos onde há a possibilidade de ampliar seu conhecimento na Doutrina Espírita e no comportamento social e familiar.

Ao invés de um jovem rebelde , sem rumo, teremos ajudado a construir uma personalidade voltada à reflexão e à compressão do mundo em que vivemos.

Fonte: Revista Cristã de Espiritismo, n.06.

CRIAR E MANTER UM GRUPO DE MOCIDADE É TAREFA DAS MAIS IMPORTANTES PARA OS DIRIGENTES DE UM CENTRO ESPÍRITA. INVESTIR E ACREDITAR NOS JOVENS, É UM MEIO DE ESTABELECER A PAZ NOS LARES E GARANTIR O FUTURO DO ESPIRITISMO.

http://www.espirito.org.br/portal/artigos/diversos/mocidade/a-importancia.html

small1.jpg

O passe no centro espírita

O passe no centro espírita
Revista de Espiritismo nº. 33, Outubro/Dezembro 1996

É habitual quanto baste. Já houve quem falasse nos «papa-passes». Nada mais é, porém, do que um paliativo, um apoio, que depende sobretudo da receptividade de quem o recebe e da sua capacidade de harmonizar a sua vida interior. Falamos do chamado passe, com frequência ministrado individualmente após a palestra no centro espírita.

Quem procura o centro espírita em condição de necessidade – se deprimido, angustiado ou de algum modo enfraquecido –, após ouvir a palestra de 30 minutos, raramente deixa de se incluir na fila para o passe magnético individual que se segue. Como qualquer serviço espírita, necessariamente este também é totalmente gratuito. Nem seria preciso dizer, mas nunca é demasiado sublinhar.

Mas por que é que isso acontece? Porque as pessoas alimentam a esperança de que os eflúvios energéticos invisíveis saídos das mãos do passista (a pessoa que dá o passe) as vão retemperar, aliviar as tensões, reequilibrar fluidos. E assim venham a sair do centro mais fortalecidas após um quotidiano tão desgastante para tanta gente.

Mas o que é o passe magnético?

Definem-no os espíritos desencarnados como uma espécie de transfusão de energias espirituais, que são transferidas do passista para quem recebe o passe, tanto mais quanto mais este esteja numa situação de receptividade. E tudo isso através da imposição das mãos, como fazia Jesus.

Os envolvidos no passe no centro espírita são o médium-passista (uma pessoa cuja função é irradiar paz, ânimo e esperança), o espírito-passista (um técnico especializado a nível de energias espirituais) e quem recebe o passe cabe-lhe um esforço de sintonia).

Como se vê, a cada um cabem tarefas específicas. O primeiro ponto é a receptividade, a sintonia de quem recebe o passe. Não sentir nervosismo, ansiedade, tranquilizar-se, pensar no bem, não sentir quaisquer sentimentos como os de rancor, de vingança ou vaidade, ter fé na bondade de Deus, que aceita a colaboração na sua seara.

Emitir e receber
Sempre que pensamos e sentimos, estamos a movimentar energias. Cada estado de alma corresponde à emissão/absorção de um certo tipo de energia, que entra pelos centros de força espiritual («chakras»), mediante a sua natureza, incorporando-se à tessitura do perispírito (corpo espiritual) e trazem-nos estados de mau-estar ou de bem-estar. Pensamos e agimos, criando a nossa própria (in)felicidade.

Se temos dias povoados de pensamentos desordenados e de uma afectividade descontrolada, é natural que como resultado as nossas energias espirituais entrem em circuitos de degradação, com os seus efeitos indesejáveis na vida interior, necessitando de compensações.

Ao ser constituída uma equipa de passistas, cada elemento desse grupo recebe noções teóricas sobre a aplicação do passe.

Padronizados
Como o centro espírita deve ser organizado, a orientação equilibrada é a do passe padronizado. Mas passe padronizado é apenas o passe uniformizado, aplicado da mesma maneira por todos os elementos da equipa de passes. É uma questão de disciplina e de coerência.

Dado os excessos, infelizmente mais comuns do que seria de desejar, de gesticulação e de outros atavismos como estalidos de dedos, sem referência experimental e muito menos científica, o melhor passe padronizado, a nosso ver, é sobretudo e apenas a imposição das mãos, sem tocar na pessoa que vai receber o passe. Isso e o resto apenas porque o que funciona na verdade é a mente.

O passe colectivo
Quando a equipa do passe magnético é de pequeno número face à multidão que o procura, sem qualquer prejuízo para os eventuais beneficiados, recorre-se ao passe colectivo. Uma vez que o principal neste processo de ajuda espiritual é a sintonia do candidato a receber o passe, os próprios espíritos-passistas durante a palestra ministram bênçãos fluídicas a quem estiver nas condições necessárias para participar na ocorrência deste fenómeno enquanto beneficiado.

O apoio espiritual prestado com o passe deixa de ser necessário quando os pensamentos e as atitudes de todos nós tomarem um rumo predominantemente equilibrado.

A necessidade do passe
Assim, o curso das energias que movimentamos inconscientemente tornar-se-á normal, afectivamente compensador, evitando degradações e incidências desajustadoras do corpo espiritual.

Esse paliativo — o passe- magnético — será dispensável, uma vez que os sentimentos e ideias construtivas predominarão em quem trabalhar nesse sentido, ordenando e compensando desgastes e desequilíbrios energéticos ou, por outras palavras, fruindo de um bem-estar interior capaz de propiciar uma vida edificante, alicerçada no bem.

Àgua Fluidificada – o que é?

O Que é Água Fluidificada?

A água fluidificada é a água normal, acrescida de fluidos curadores. Em termos de Espiritismo, entende-se por água fluidificada aquela em que fluidos medicamentosos são adicionados à água. É a água magnetizada por fluidos.

Quem faz a fluidificação da água?

Em geral, são os Espíritos desencarnados que, durante as sessões de fluidoterapia, fluidificam a água, mas a água pode ser magnetizada tanto pelos fluidos espirituais quanto pelos fluidos dos homens encarnados, assim como ocorre com os passes, sendo necessário, para isso, da parte do indivíduo que irá realizar a fluidificação, a realização de preces e a imposição das mãos, a fim de direcionar os fluidos para o recipiente em que se encontrar a água.

Como é feita a fluidificação da água?

A água é um dos corpos mais simples e receptivos da Terra. É como que a base pura, em que a medicação Espiritual pode ser impressa. O processo é invisível aos olhos mortais, por isso, a confiança e a fé do paciente são partes essenciais para que tratamento alcance o efeito desejado. A água é um ótimo condutor de força eletro-magnética e absorverá os fluidos sobre ela projetados, conserva-los-á e os transmitirá ao organismo doente, quando ingerida. A água fluidificada expande os átomos físicos, ocasionando a entrada de átomos espirituais, ainda desconhecidos, e que servem para ajudar na cura.

Procedimentos para a fluidificação da água

Veja o artigo Como Fluidificar a Água.

Tipos de fluidificação da água

•Fluidificação Magnética: É aquela em que fluidos medicamentosos são adicionados na água por ação magnética da pessoa (encarnada) que coloca suas mãos sobre o recipiente com água e projeta seus próprios fluidos.
•Fluidicação Espiritual: É aquela em que os Espíritos aplicam fluidos (sem intermediários) diretamente sobre os frascos com água. Na Fluidificação Espiritual a água não recebe fluidos magnéticos do indivíduo encarnado, mas somente os trazidos pelos Espíritos. A Fluidificação Espiritual é a mais comumente utilizada nos Centros Espíritas.

•Fluidificação Mista: É uma modalidade de fluidificação onde se misturam os fluidos do indivíduo encarnado com os fluidos trazidos pelos Espíritos.

Como vimos, o processo de fluidificação da água independe da presença de médiuns curadores, pois os Espíritos podem aplicar os fluidos sem intermediários, diretamente sobre os frascos com água, além disso, qualquer pessoa pode fluidificar a água, basta ter fé e concentrar-se naquilo que estiver fazendo, projetando assim os seus próprios fluidos e recebendo o auxílio da Espiritualidade amiga, sempre presente.

Ação da água fluidificada no organismo

A água é uma molécula polar composta e é facilmente absorvida no nosso organismo. Por isso e aproveitando-se de algumas de suas propriedades (tensão superficial, condutividade elétrica e susceptibilidade magnética), é usada como agente do tratamento de fluidoterapia.

Todas as reações que acontecem no nosso organismo são em soluções aquosas, e as proteínas, membranas, enzimas, mitocôndrias e hormônios somente são funcionais na presença desta substância (água).

A ciência denomina a água de “Líquido Vital”. Uma vez fluidificada e ingerida, a água pode provocar os seguintes efeitos:
•Inibição da formação de radicais livres, ou seja, diminuição dos processos oxidativos celulares, diminuição da taxa de produção de gás carbônico, aceleração dos processos de fagocitose, incremento na produção de linfócitos (células de defesa);
•Observa-se na membrana celular uma maior mobilidades de íons Sódio e Potássio, melhorando o processo de osmose celular, tendo um efeito rejuvenescedor no organismo. Há uma distribuição no mecanismo de transporte de vários tipos de cátions, como é o caso do cálcio;
•Efeitos sobre os hormônios receptores, ativação dos linfócitos por antígenos e várias lecitinas. O processo de polarização magnética induzida (imantação) da água no organismo produz a captura e precipitação do cálcio em excesso no meio celular;
•Reposição da energia espiritual, renovando a estrutura perispiritual.
A terapêutica com a água fluidificada traz muitos benefícios ao organismo, apesar de não poder parar ou regredir as doenças geradas por resgates, doenças crônicas e degenerativas, porém facilita a ação medicamentosa e tem se mostrado eficiente na cura das doenças psicossomáticas.
Conclusão

A água fluidificada, portanto, é uma água magnetizada, principalmente, pelos Espíritos, contendo, assim, alterações ocasionadas pelos fluidos salutares ali colocados e direcionados para o equilíbrio de alguma enfermidade física ou espiritual.

Para cada paciente o fluido medicamentoso será específico não só para a sua enfermidade física, mas também para as necessidades espirituais de cada um. Deve ser usada como um medicamento. Manda o bom senso que não se utilize remédios sem necessidade, portanto, da mesma maneira, só deve usar a água fluidificada quem de fato estiver necessitando dela. Tudo em excesso faz mal, não é mesmo.

Fonte: Mediunidade Sem Preconceito. Autor: Edvaldo Kulcheski

in:.http://www.bezerrademenezesnatal.org.br/tratamento-espiritual/86-o-que-e-agua-fluidificada.html

Como fazer O Evangelho no Lar

O Evangelho no Lar

Finalidade: trata-se de um encontro semanal, sendo previamente marcado o dia e a hora, (devendo ser repetido sempre no mesmo dia e hora da semana) com o objetivo de reunir a família em torno dos ensinamentos evangélicos, à luz do Espiritismo, e sob a assistência dos Benfeitores Espirituais.

1. Participantes:
•podem ser todas as pessoas do lar, inclusive as crianças.
•ou ainda pode ser feito por apenas uma pessoa da casa.

2. Roteiro da Reunião:
1.leitura, sem comentários, de uma página de um livro (por exemplo, Pão Nosso, Fonte Viva, entre outros);
2.prece inicial;
3.leitura e comentários de um tópico de O Evangelho segundo o Espiritismo, estudado de forma seqüêncial;
4.prece de encerramento.

3. Recomendações:
•o tempo da Reunião deve ser, no máximo, de uma hora;
•evitar a manifestação mediúnica de Espíritos;
•pode-se colocar água para ser beneficiada pelos Protetores Espirituais e, após, repartida entre os participantes;
•a presença de visita, não deve ser motivo para suprimir a Reunião.
•no caso de se perder o dia da reunião em determinada semana, pode-se continuar na próxima;
•quando toda a familia participa e acontecer de ter uma só pessoa no dia marcado, a reunião deve acontecer normalmente;
•no caso de viagem, a familia pode realizar a reunião onde estiver;

Culto Cristão no Lar

O culto do Evangelho no lar não é uma inovação. É uma necessidade em toda parte onde o Cristianismo lance raízes de aperfeiçoamento e sublimação. A Boa-Nova seguiu da Manjedoura para as praças públicas e avançou da casa humilde de Simão Pedro para a glorificação no Pentecostes. A palavra do Senhor soou, primeiramente, sob o teto simples de Nazaré e, certo, se fará ouvir, de novo, por nosso intermédio, antes de tudo, no círculo dos nossos familiares e afeiçoados, com os quais devemos atender às obrigações que nos competem no tempo.

Quando o ensinamento do Mestre vibre entre as quatro paredes de um templo doméstico, os pequeninos sacrifícios tecem a felicidade comum.

A observação impensada é ouvida sem revolta.

A calúnia é isolada no algodão do silêncio.

A enfermidade é recebida com calma.

O erro alheio encontra compaixão.

A maldade não encontra brechas para insinuar-se.

E aí, dentro desse paraíso que alguns já estão edificando, a benefício deles e dos outros, o estímulo é um cântico de solidariedade incessante, a bondade é uma fonte inexaurível de paz e entendimento, a gentileza é inspiração de todas as horas, o sorriso é a sombra de cada um e a palavra permanece revestida de luz, vinculada ao amor que o Amigo Celeste nos legou.

Somente depois da experiência evangélica do lar, o coração está realmente habilitado para distribuir o pão divino da Boa-Nova, junto da multidão, embora devamos o esclarecimento amigo e o conselho santificante aos companheiros da romagem humana, em todas as circunstâncias.

Não olvidemos, assim, os impositivos da aplicação com o Cristo, no santuário familiar, onde nos cabe o exemplo de paciência, compreensão, fraternidade, serviço, fé e bom ânimo, sob o reinado legítimo do amor, porque, estudando a Palavra do Céu em quatro Evangelhos, que constituem o Testamento da Luz, somos, cada um de nós, o quinto Evangelho inacabado, mas vivo e atuante, que estamos escrevendo com os próprios testemunhos, a fim de que a nossa vida seja uma revelação de Jesus, aberta ao olhar e à apreciação de todos, sem necessidade de utilizarmos muitas palavras na advertência ou na pregação.

Emmanuel

Fonte: XAVIER, Francisco Cândido. Luz no Lar. Por diversos Espíritos. 8. ed. Rio de Janeiro: FEB, 1997. Cap 1, p. 11-12.

Fonte: Folder distribuído pela Federação Espírita Brasileira. http://www.febnet.org.br

O PÃO DE CRISTO

O PÃO DE CRISTO

LEIA EM SILÊNCIO E MEDITE. É MUITO CURTO E VERDADEIRO.

O que se segue é um relato verídico sobre um homem chamado Vitor.
Depois de meses sem encontrar trabalho, viu-se obrigado a recorrer à
mendicância para sobreviver, coisa que o entristecia e envergonhava
muito.

Numa tarde fria de inverno, encontrava-se nas imediações de um clube
social, quando viu chegar um casal.

VITOR lhe pediu algumas moedas para poder comprar algo para comer.

– Sinto muito, amigo, mas não tenho trocado – disse ele.

Sua esposa, ouvindo a conversa perguntou:

– Que queria o pobre homem?

– Dinheiro para comer. Disse que tinha fome – respondeu o marido,

– Lorenzo, não podemos entrar e comer uma comida farta que não
necessitamos e deixar um homem faminto aqui fora!

– Hoje em dia há um mendigo em cada esquina! Aposto que quer dinheiro
para beber!

– Tenho uns trocados comigo. Vou dar-lhe alguma coisa!

Mesmo de costas para eles, Vitor ouviu tudo que disseram.

Envergonhado, queria afastar-se correndo dali, mas neste momento ouviu a
amável voz da mulher que dizia:

– Aqui tens algumas moedas. Consiga algo de comer, ainda que a situação
esteja difícil, não perca a esperança. Em algum lugar existe um trabalho
para você. Espero que encontre.

– Obrigado, senhora. Acabo de sentir-me melhor e capaz de começar de
novo. A senhora me ajudou a recobrar o ânimo! Jamais esquecerei sua
gentileza.

– Você estará comendo o Pão de Cristo! Partilhe-o – disse ela com um
largo sorriso dirigido mais a um homem que a um mendigo.

Vítor sentiu como se uma descarga elétrica lhe percorresse o corpo.

Encontrou um lugar barato para se alimentar um pouco. Gastou a metade do
que havia ganho e resolveu guardar o que sobrara para o outro dia,
comeria ‘O Pão de Cristo’ dois dias.

Uma vez mais aquela descarga elétrica corria por seu interior. O PÃO DE
CRISTO!

– Um momento!, – pensou, não posso guardar o Pão de Cristo somente para
mim. Parecia-lhe escutar o eco de um velho hino que tinha aprendido na
escola dominical. Neste momento, passou a seu lado um velhinho.

– Quem sabe, este pobre homem tenha fome – pensou – tenho que partilhar
o Pão de Cristo.

– Ouça – exclamou Vítor- gostaria de entrar e comer uma boa comida?

O velho se voltou e encarou-o sem acreditar.

– Você fala serio, amigo? O homem não acreditava em tamanha sorte, até
que estivesse sentado em uma mesa coberta, com uma toalha e com um belo
prato de comida quente na frente.

Durante a ceia, Víctor notou que o homem envolvia um pedaço de pão em
sua sacola de papel.

– Está guardando um pouco para amanhã? Perguntou.

– Não, não. É que tem um menininho que conheço onde costumo frequentar
que tem passado mal ultimamente e estava chorando quando o deixei.
Tinha muita fome. Vou levar-lhe este pão.

– O Pão de Cristo! Recordou novamente as palavras da mulher e teve a
estranha sensação de que havia um terceiro convidado sentado naquela
mesa. Ao longe os sinos da igreja pareciam entoar o velho hino que havia
soado antes em sua cabeça.

Os dois homens levaram o pão ao menino faminto que começou a engoli-lo
com alegria.

De repente, se deteve e chamou um cachorrinho. Um cachorrinho pequeno e
assustado.

– Tome cachorrinho. Te dou a metade – disse o menino. O Pão de Cristo
alcançará também você.

O pequeno tinha mudado de semblante. Pôs-se de pé e começou a vender o
jornal com alegria.

– Até logo!, disse Vitor ao velho. Em algum lugar haverá um emprego.
Não desespere!

– Sabe? – sua voz se tornou em um sussurro – Isto que comemos é o Pão de
Cristo. Uma senhora me disse quando me deu aquelas moedas para
comprá-lo. O futuro nos presenteará com algo muito bom!

Ao se afastar, Vitor reparou o cachorrinho que lhe farejava a perna.
Se agachou para acariciá-lo e descobriu que tinha uma coleira onde
estava gravado o nome e endereço de seu dono.

Vítor caminhou um bom pedaço até a casa do dono do cachorro e bateu na
porta.

Ao sair e ver que havia sido encontrado seu cachorro, o homem ficou
contentíssimo, e logo sua expressão se tornou séria. Estava por
repreender Vitor, que certamente lhe havia roubado o cachorro, mas não o
fez pois Victor mostrava no rosto um ar e dignidade que o deteve.

Disse então:

– No jornal de ontem, ofereci uma recompensa pelo resgate. Tome!!

Victor olhou o dinheiro meio espantado e disse:

– Não posso aceitar. Somente queria fazer um bem ao cachorrinho.

– Pegue-o! Para mim, o que você fez vale muito mais que isto! Você
precisa de um emprego? Venha ao meu escritório amanhã. Faz-me muita
falta uma pessoa íntegra como você.

Ao voltar pela avenida aquele velho hino que recordava sua infância,
voltou a soar em sua alma. Chamava-se

‘PARTE O PÃO DA VIDA’,
‘NÃO O CANSEIS DE DAR, MAS NÃO DÊS AS SOBRAS,
DAI COM O CORAÇÃO, MESMO QUE DOA’.

QUE O SENHOR NOS CONCEDA A GRAÇA DE TOMAR NOSSA CRUZ E SEGUÍ-LO, MESMO
QUE DOA!

Bem, agora se desejares, reparta com os amigos.

Ajuda-os a repartir e refletir. Eu já o fiz.

ESPERO QUE SIRVA para sua VIDA…

QUE DEUS OS BENDIGA SEMPRE…!!!

Senhor Jesus:’Te amo muito, te necessito para sempre, estás no mais
profundo de meu coração, bendize com teu carinho, a minha família, minha
casa, meu emprego, minhas finanças, meus sonhos, meus projetos e meus
amigos’.

Passa esta oração a várias pessoas, exceto a mim. Receberás milagres
amanhã e sempre. Não o ignores.. Afinal, por que não mandar uma prece
ao Senhor?

P%C3%A3o-italiano.jpg

PERANTE ESSA UNICA REALIDADE

Ah, perante esta única realidade
(Fernando Pessoa / Álvaro de Campos)

Ah, perante esta única realidade, que é o mistério,
Perante esta única realidade terrível – a de haver uma realidade.
Perante este horrível ser que é haver ser.
Perante este abismo de existir um abismo,
Este abismo de a existência de tudo ser um abismo,
Ser um abismo por simplesmente ser,
Por poder ser,
Por haver ser!
– Perante isto tudo como tudo o que os homens fazem,
Tudo o que os homens dizem,
Tudo quanto constroem, desfazem ou se constrói ou desfaz através deles,
Se empequena!
Não, não se empequena… se transforma em outra coisa –
Numa só coisa tremenda e negra e impossível.

Uma coisa que está para além dos deuses, de Deus, do Destino –
Aquilo que faz que haja deuses e Deus e Destino,
Aquilo que faz que haja ser para que possa haver seres,
Aquilo que subsiste através de todas as formas,
De todas as vidas, abstratas ou concretas,
Eternas ou contingentes,
Verdadeiras ou falsas!
Aquilo que, quando se abrangeu tudo, ainda ficou fora,
Porque quando se abrangeu tudo não se abrangeu explicar por que é um tudo,
Por que há qualquer coisa, por que há qualquer coisa, por que há
qualquer coisa!

Minha inteligência tornou-se um coração cheio de pavor,
E é com minhas idéias que tremo, com a minha consciência de mim.
Com a substância essencial do meu ser abstrato
Que sufoco de incompreensível,
Que me esmago de ultratranscendente,
E deste medo, desta angústia, deste perigo do ultra-ser,
Não se pode fugir, não se pode fugir, não se pode fugir!

Cárcere do Ser, não há libertação de ti?
Cárcere de pensar, não há libertação de ti?

Ah, não, nenhuma – nem morte, nem vida, nem Deus!
Nós, irmãos gêmeos do Destino em ambos existimos,
Nós, irmãos gêmeos dos Deuses todos, de toda a espécie,
Em sermos o mesmo abismo, em sermos a mesma sombra,
Sombra sejamos, ou sejamos luz, sempre a mesma noite.
Ah, se afronto confiado a vida, a incerteza da sorte,
Sorridente, impensando, a possibilidade quotidiana de todos os males,
Inconsciente do mistério de todas as coisas e de todos os gestos,
Por que não afrontarei sorridente, inconsciente, a Morte?
Ignoro-a? Mas que é que eu não ignoro?
A pena em que pego, a letra que escrevo, o papel em que escrevo,
São mistérios menores que a Morte? Como, se tudo é o mesmo mistério?
E eu escrevo, estou escrevendo, por uma necessidade sem nada.

Ah, afronte eu como um bicho a morte que ele não sabe que existe!
Tenho eu a inconsciência profunda de todas as coisas naturais,
Pois, por mais consciência que tenha, tudo é inconsciência,
Porque é preciso existir para se criar tudo,
E existir é ser inconsciente, porque existir é ser possível haver ser,
E ser possível haver ser é maior que todos os Deuses.

SANTO ANDRÉ – 17/01 – ENCONTRO COM SUELY CALDAS SCHUBERT

ENCONTRO COM :

SUELY CALDAS SCHUBERT ( escritora e oradora de Juiz de Fora – MG)

TEMA : O CENTRO ESPÍRITA IDEAL

LOCAL : CRECHE AMÉLIA RODRIGUES

RUA SILVEIRAS, 17 – VILA GUIOMAR – SANTO ANDRÉ – SP

DIA 17 DE JANEIRO DE 2012 – TERÇA FEIRA – DAS 19 ÀS 21 30 H

TRAGA SUA PERGUNTA

ENTRADA FRANCA


INFORMAÇÕES : (11) 3186-9788 / 9939-8589

Momento Espirita – Falando de fe

Momento Espírita
Falando de fé

Na pequena assembleia de gestantes assistidas pela instituição, naquela tarde fria de inverno, uma se destacava.

Apresentava a barriga enorme, denunciando que logo mais daria à luz. E, contudo, mostrava sinais de inquietação no rosto.

Terminada a aula breve e fraterna, a atendente, que descobrira os traços de angústia naquela companheira, se aproximou, buscando saber das razões.

Foi então que a gestante lhe falou que nos próximos dias deveria ter o seu bebê e que estava apavorada. Durante todo o período da gestação se preparara para ter um parto normal.

Entretanto, há quinze dias, o médico lhe informara, depois de uma ecografia, que seu bebê estava sentado e que somente poderia nascer através de uma cesariana, marcando até a data.

Ela estava com muito medo. Tinha um terrível medo de cirurgia e, depois, ela desejava o parto normal, para poder atender mais cedo e melhor seus outros filhos menores.

A atendente a abraçou e conversou com ela longamente. Recordou-lhe as lições que já haviam tido, ali mesmo, naquela instituição.

Lições que falavam da fé e do poder da oração. Que ela tentasse a oração, que falasse com seu bebezinho, pedindo que ele mudasse a posição.

Que falasse com Jesus, o Médico Divino, suplicando auxílio. A gestante olhou meio desconcertada e perguntou: Mas será mesmo que dará resultado?

Vamos orar juntas, desde agora? Convidou a assistente.

Naquele dia, quando se despediu para ir para casa, a gestante acariciou a barriga com carinho especial e sorriu, dizendo:

Eu vou tentar.

Uma semana depois, ela precisou ser levada às pressas para a maternidade. Na madrugada, a bolsa se rompeu e ela entrou em trabalho de parto, antes da hora assinalada pelo médico para a cesariana.

Ela teve medo. E agora? O que iria acontecer?

Chegando ao hospital, atendida de imediato, foi conduzida à sala de parto.

Para surpresa do médico e alívio da mãezinha, o bebê já mostrava a cabecinha despontando, prestes a nascer.

Entre risos e lágrimas de surpresa, gratidão e alívio, a gestante deu à luz a um belo garoto, por parto normal, sem dificuldades.

* * *

Nunca desacredites do amparo de Deus. Haja o que houver, permanece confiando.

Se tudo estiver contra ti, se o insucesso te ameaçar com o desespero, ainda aí espera a Divina ajuda.

A lei de Deus é de amor. E o amor tudo pode, tudo faz.

Quando pensares que o socorro não te chegará em tempo, se continuares esperando, descobrirás, alegre, que ele te alcançou minutos antes do desastre.

Ora, confia e não deixes de lutar. Deus vela por ti e guarda a tua vida.

Redação do Momento Espírita, com base em fato narrado por voluntária do grupo de gestantes do Centro Espírita Ildefonso Correia (Curitiba/PR), em reunião de avaliação ocorrida em 15.06.2000 e com pensamentos finais colhidos no cap. CXIII, do livro Vida feliz, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal.

Em 10.01.2012.

ut.php?u=&m=1235

Pedimos a sua atenção para o fato de o Momento em Casa não ser um serviço diário.
São enviadas, em média, 3 a 4 mensagens no decorrer da semana. As mensagens do Momento
Espírita também estão disponíveis em cd’s e livros, em www.livrariamundoespirita.com.br.