Panos e Lendas, Avoar de volta no Teatro Silvio Romero!

Caros amigos é com muita alegria que estamos reiniciando a temporada dos nossos trabalhos:

Avoar
Sábados, a partir do dia 2 de junho, as 16 hs,

Panos e Lendas
Domingos, a partir do dia 3 junho, as 11 hs

Teatro Silvio Romero.
Rua Coelho Lisboa 334- Tatuapé

A você que acompanha nossos trabalhos, oferecemos um Desconto especial.
Imprima o seu voucher com o numero de acompanhantes.( anexo)

Repasse tb para seus amigos!

Curta nossas páginas no facebook:

Avoar http://www.facebook.com/pages/Avoar/147359035335467

Panos e Lendas http://www.facebook.com/pages/Panos-e-Lendas/159903340687957

Temos além dos espetáculos as Cantorias de Roda, Natal e Contação de História

Apresentações especiais para Escolas, Empresas, Grupos, Condomínios

Nosso contato, (11) 4232-2590.
www.ciapicnic.com

Agradeço e me coloco a disposição para qualquer esclarecimento.

Chico Cabrera

Caso não queira mais receber os informes culturais da CIA PIC NIC retornar este email com assunto EXCLUIR.

Boletim Eletr�nico da FEB – Junho 1

E a Vida continua
nos cinemas…
A segunda quinzena de agosto receberá o aguardado lançamento do filme “E A Vida Continua”, nos cinemas do país. Baseado no livro de mesmo título psicografado por Chico Xavier e editado pela FEB contará com a Paris Filmes como distribuidora. O diretor do filme Paulo Figueiredo é o entrevistado da revista Reformador da edição de junho.
Informações: oceano.vieira@dvdversatil.com.br
Ensaios iniciados para o Coral da Federação Brasileira Espírita Acolhimento e os primeiros cristãos em Reunião no Norte
Com cerca de 20 integrantes unindo tons diversos e muito animação, os ensaios do Coral da FEB foram iniciados…
saiba mais
A cidade de Belém (PA) sedia a Reunião da Comissão Regional Norte do Conselho Federativo Nacional da FEB …
saiba mais
Decisão do STF sobre aborto de anencéfalo Planejamento Estratégico na Paraíba
No dia 10 de maio, os deputados Roberto de Lucena-PV/SP, Salvador Zimbaldi-PDT/SP e..
saiba mais
A Federação Espírita Paraibana realizará nos dias 2 e 3 de junho uma reunião de trabalho com…

saiba mais

Eventos na região de Ilha Solteira
No período de 15 a 17 de junho a convite da USE Intermunicipal de Ilha Solteira, o vice-presidente da FEB…
saiba mais
Livro: Meu primeiro Amor
Uma garota que gosta de poesia se apaixona e homenageia Carlos Drummond de Andrade nas coisas que escreve…
confira a sinopse completa
Assessoria de Comunicação Social
E-mail: imprensa@febnet.org.br – Telefone: (61) 2101-6175

momento em casa – Todos podem ser generosos

http://www.momento.com.br
Todos podem ser generosos
Quando tinha treze anos, Severino saiu de Olho D’água Seco, no sertão de Pernambuco, para morar com um tio na capital, Recife.
Certo dia perdeu-se na cidade grande. Sem saber ler, não conseguia encontrar o caminho de volta olhando as placas e o nome das ruas. Era como se fosse cego, diz.
Quando, afinal, achou o endereço, pediu ao tio para lhe comprar uma cartilha de alfabetização. Sozinho, aprendeu a ler e a escrever. Um ano depois, voltou ao sertão e tratou de ensinar o que sabia à irmã.
Não era muito, mas era o bastante. Depois, improvisou uma escolinha para alfabetizar outros moradores. Já tinha ensinadoduzentas e trinta e uma pessoas a ler quando deixou Pernambuco, há vinte e quatro anos, por uma vida melhor em São Paulo.
Durante a viagem, ensinou mais doze conterrâneos a assinar o próprio nome.
Gosto de passar adiante tudo o que aprendo. Não vou levar nada para o caixão. Então tenho de compartilhar o que sei com quem precisa, senão esse conhecimento morre comigo, conta ele.
* * *
Estamos acostumados a reconhecer a generosidade em gestos grandiosos como o de Bill Gates, fundador da Microsoft e um dos homens mais ricos do planeta, que doouvinte e nove bilhões de dólares à instituição de combate à pobreza que fundou com a mulher, Melinda.
Mas a história de Severino não deixa dúvida de que a generosidade pode ser praticada mesmo por quem tem pouco ou quase nada – e de várias formas, muito além de dar bens que sobram.
Alguns exemplos são:Antônio, um desembargador de justiça, que conta histórias para crianças num hospital. Élcio, que incentiva a solidariedade na empresa que lidera, e ajudou a fazer dela um dos melhores lugares do mundo para trabalhar.
Juliana e Marina, quefazem as pessoas rir sem pedir nada em troca.
Danielle, que aos sessenta e três anos, ajuda milhares de deficientes visuais a ter acesso a livros.
Todos podemos ser generosos, e se desejamos realmente um mundo melhor, começar pela benevolência nas pequenas coisas, nos gestos singelos, é fundamental.
Em O Livro dos Espíritos, encontramos a Espiritualidade respondendo que o verdadeiro sentido da palavra caridade, como a entendia Jesus é:
Benevolência para com todos, indulgência com as imperfeições alheias e perdão das ofensas.
Assim, percebemos que, no coração generoso, benevolente, está a essência da caridade como nos ensinou o Mestre.
* * *
Você já foi generoso hoje?
Proponha a você mesmo este desafio. Faça este convite. Pratique um ato, pequeno que seja, de generosidade, no dia de hoje e veja os resultados.
Não o resultado do reconhecimento – pois ele quase sempre não vem, e não deve ser nosso foco – mas o resultado em sua alma, em sua alegria interior.
Não há quem resista ao poder sedutor da benevolência. Sempre saímosdiferentes, mais leves, mais felizes.
Dê do pouco que tem, mas dê. Não é necessário ter muito para dar. Dar-se é, certamente, muito mais valioso do que dar coisas.
Doe-se ao outro. Doe-se ao mundo. Doe sua vida ao amor e ganhe a felicidade tão sonhada!

Redação do Momento Espírita com base em artigo da revista
Sorria, v.1, de março/abril de 2008, e no item 886, de O livro dos
Espíritos, de Allan Kardec,
ed .Feb.
Em 30.05.2012.
ut.php?u=&m=1340

A Federação Espírita do Paraná é detentora dos direitos patrimoniais de uso e gozo da marca nominativa MOMENTO ESPÍRITA, conforme a Lei de Propriedade Industrial nº 9279/96). As mensagens do Momento Espírita também estão disponíveis em cd’s e livros, em www.livrariamundoespirita.com.br.

Hoje tem palhaçada

carequinha.jpg

Hoje tem palhaçada

Crianças felizes,
Doces pássaros,
Belas melodias,
Cantem petizes.

Muita alegria,
Gritos, sorrisos,
Falas, lágrimas,
Com energia.

Pássaros Libertos,
Da maldade humana,
Lábios benévolos,
Corações abertos.

Doces sabiás,
Que Cantam à noite,
Façam silêncio,
Pois a língua é açoite.

Ariscos pica-paus,
Que galhos perfuras,
Caminhos alegres,
Em trilhas duras.

Belos Sanhaços,
Canta nas florestas,
De galho em galho,
Plenos cansaços.

Pombas que arrulham,
Em meu coração,
Olhares doces,
Linda canção.

Herdeiros da vida,
Sanas bateias, castiçais de ouros,
Saudades de todos,
Negros, pardos, índios e louros.

Médium: Paulo Viotti
Espírito: Carequinha
BH – 30/05/2012

DE CHICO XAVIER PARA UM DEPUTADO

(…)
Espiritismo, em verdade, não é um sistema de promessas para a beatitude celestial. É realização do Bem, do Céu na Terra, serviço libertador de consciências e corações para hoje, aqui e agora. Congregados na mesma edificação, sentimo-nos felizes identificando-lhes o sadio propósito de concretizar os ideais divinos, no círculo das experiências humanas. Nossa fé, em tempo algum, deve circunscrever-se ao incenso adorativo, porquanto, em substância, é luta digna por um mundo melhor e por criaturas mais felizes, estendendo-se de nossas convicções mais íntimas aos nossos atos mais insignificantes.

Emmanuel
por Chico Xavier
psicografia nos anos 1950
para o deputado estadual e federal Campos Vergal (1903-1980)

Livro: Chico Xavier Inédito – Psicografias Ainda Não Publicadas (1933-1954)
Francisco Cândido Xavier, por Espíritos Diversos,
organização de Eduardo Carvalho Monteiro
Madras Editora

Para mudar o mundo é preciso mudar a si mesmo.

Projeto Saber e Mudar
Aos poucos e sempre.

Estudar e conhecer.
Agir e transformar.

Inscreva-se e receba uma mensagem por dia: saberemudar

LEI DIVINA

LEI DIVINA

Alma querida, à vezes, no caminho,
Indagas a chorar, de coração sozinho,
Como atingir, por fim, o Lar Celeste,
Pelas ásperas sendas do dever…
Também eu mesma isso interroguei à vida
Em caminhada longa e indefinida,
E hoje posso afirmar-te,
De alma fortalecida,
Que a vida me informou, em toda parte:
– Se quiseres vencer
Eleva-te, louvando as pedras da subida,
Procurando servir, ajudar e esquecer.

Por isso, perguntei ao coração da rosa
Como agüentar, tão linda e cetinosa,
Os espinhos cruéis que vira nascer
E a rosa me explicou que Deus a estruturara
Num misto de perfume, brilho e cores
Para mostrar que as dores,
Quando bem suportadas,
São lâminas e pontas aguçadas,
Lembrando espinhos produzindo flores;
E, portanto, devia,
Desabrochar e agradecer,
Deixar-se decepar, entregar-se e esquecer…

Fui ao campo e indaguei de uma enorme pedreira
Como tolera sem que grite
Assaltos de martelo e dinamite
Sem jamais se ofender…
Ela disse que a fim de oferecer aos homens
Moradia segura, forte e alegre,
É indispensável que se desintegre,
E, por esta razão, lhe compete saber
Aceitar o progresso, ajudar e esquecer.

Fui consultar os rios, fui às fontes
E perguntei por que motivo,
Sendo as águas sustento do homem vivo,
Tão somente no chão poderiam correr…
E todos responderam com bondade
Que a missão do auxílio ao mundo todo,
Precisam abraçar o anonimato e o lodo,
Aceitando viver, em baixo nível
Para estender na Terra o conforto possível,
Cabendo-lhes, assim, compreender,
Perdoar e servir, ajudar e esquecer…

Desse modo, igualmente, alma fraterna e boa,
Por mais que o mal nos fira e a provação nos doa,
Qual se um punhal de fel nos arrasasse o ser,
Não te percas do amor, na aflição que te invade…
À lei divina da felicidade
Será sempre servir, amparar e esquecer.

pelo Espírito Maria Dolores – Do livro: Tempo de Luz, Médium: Francisco Cândido Xavier – Espíritos Diversos.

ENGANOS DA RELIGIÃO

(…)

– O homem precisa entender que a vida depois da morte é um só passo adiante – nada mais do que um passo adiante no caminho. A religião engana o homem quanto ao seu destino depois da morte. Virou jogo de interesses…

Patuwa

Livro: Trabalhadores da Última Hora
Carlos A. Baccelli, pelo Espírito Inácio Ferreira
Casa Editora Espírita Pierre-Paul Didier

Para mudar o mundo é preciso mudar a si mesmo.

Projeto Saber e Mudar
Aos poucos e sempre.

Estudar e conhecer.
Agir e transformar.

Inscreva-se e receba uma mensagem por dia: saberemudar