renasce agora

0

RENASCE AGORA

Aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus. Jesus. (JOÃO, capítulo 3, versículo 3.)

A própria Natureza apresenta preciosas lições, nesse particular. Sucedem-se os anos com matemá­tica precisão, mas os dias são sempre novos. Dis­pondo, assim, de trezentas e sessenta e cinco oca­siões de aprendizado e recomeço, anualmente, quan­tas oportunidades de renovação moral encontrará a criatura, no abençoado período de uma existência?
Conserva do passado o que for bom e justo, belo e nobre, mas não guardes do pretérito os detritos e as sombras, ainda mesmo quando mascarados de encantador revestimento.
Faze por ti mesmo, nos domínios da tua inicia­tiva pela aplicação da fraternidade real, o trabalho que a tua negligência atirará fatalmente sobre os ombros de teus benfeitores e amigos espirituais.
Cada hora que surge pode ser portadora de rea­justamento.
Se é possível, não deixes para depois os laços de amor e paz que podes criar agora, em substituição às pesadas algemas do desafeto.
Não é fácil quebrar antigos preceitos do mundo ou desenovelar o coração, a favor daqueles que nos ferem. Entretanto, o melhor antídoto contra os tóxi­cos da aversão é a nossa boa-vontade, a benefício daqueles que nos odeiam ou que ainda não nos compreendem.
Enquanto nos demoramos na fortaleza defensi­va, o adversário cogita de enriquecer as munições, mas se descemos à praça, desassombrados e sere­nos, mostrando novas disposições na luta, a idéia de acordo substitui, dentro de nós e em torno de nossos passos, a escura fermentação da guerra.
Alguém te magoa? Reinicia o esforço da boa compreensão.
Alguém te não entende? Persevera em demons­trar os intentos mais nobres.
Deixa-te reviver, cada dia, na corrente cristalina e incessante do bem.
Não olvides a assertiva do Mestre: Aquele que não nascer de novo não pode ver o Reino de Deus.
Renasce agora em teus propósitos, deliberações e atitudes, trabalhando para superar os obstáculos que te cercam e alcançando a antecipação da vitó­ria sobre ti mesmo, no tempo …
Mais vale auxiliar, ainda hoje, que ser auxiliado amanhã.

(Francisco Cândido Xavier/Emmanuel. In: Fonte Viva)

Abraços com carinho
Equipe CVDEE

CVDEE – Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo
www.cvdee.org.br

MENSAGEM ADDE – 11-11-2012 -Pensamento e Atitude Mental

Logo

Visite o site da ADDE
www.adde.com.br

Caros amigos,

Que essa mensagem possa chegar até vós com os nossos votos de muita Paz, que o seu dia possa ser de alegria.

Tendo oportunidade, compartilhe essa alegria e seja portador da Paz do Divino Mestre.

Pensamento e Atitude Mental

Para que possamos refletir sobre nossas responsabilidades individuais e sobre os caminhos que deveremos trilhar, apresentamos a seguir uma reflexão sobre pensamento e atitude mental.

A mecânica quântica, a física quântica, ramo da ciência moderna que tem evoluído enormemente, em suas teorias e postulados, tem desenvolvido análises e pesquisas que levam os cientistas à suposição de, que a realidade imediata da matéria só existe porque pensamos.

Nessa linha de raciocínio, a matéria tem, fisicamente, apenas tendência a existir. A ação do pensamento efetivamente a materializa e lhe dá existência real.

Isso quer significar que tudo o que existe na realidade palpável, é fruto do que pensamos, do que acreditamos. Notem que isso não é esoterismo, misticismo. É Ciência! A energia do pensamento, da atitude mental, plasma, molda a matéria, cria a realidade em que vivemos, com suas nuances, suas cores, suas formas, seus relacionamentos.

Como existimos coletivamente, nossa realidade global é fruto do pensamento coletivo. Como somos ainda, enquanto coletividade, egoístas, desequilibrados e sem solidariedade, isso se reflete na situação social, econômica e cultural conturbada, injusta, desumana e insustentável que existe hoje.

Também ainda, enquanto como coletividade, não temos respeito pela natureza; alteramos os seus delicados equilíbrios, criamos os grandes desastres naturais, liberamos novos agentes patogênicos, até então confinados em pequenos nichos naturais, mantidos antes sob controle pelo equilíbrio biológico, que nossas atitudes e ações rompem.

Como fazemos parte da coletividade humana, nossa parcela individual de pensamento, de atitudes mentais, pode contribuir para piorar, manter ou melhorar essa situação.

Só esse fato já serviria para nos alertar quanto a nossa responsabilidade social individual, no que se refere ao que pensamos, ao que acreditamos verdadeiramente, ao que adotamos como atitude mental, aquela que norteia verdadeiramente nossa ação e nossa intervenção na sociedade e na natureza.

Mas é preciso também inferir, notar que, se a realidade social é fruto do pensamento coletivo, a realidade individual, o nosso caminho, a nossa trilha, é conseqüência imediata de nossa individualidade, manifesta pela nossa atitude mental.

Isso que dizer que o caminho que trilhamos, o que encontraremos ao longo desse caminho, como ele se apresentará para nós, é fruto daquilo que acreditarmos verdadeiramente, daquilo que manifestarmos em nossas atitudes mentais e, portanto, em nossas ações.

Claro que sofreremos a influência do pensamento coletivo, mas nosso caminho continuará sendo aquele que estabelecermos pelos nossos pensamentos e atitudes.

Sem sombra de dúvida, nosso sucesso é função direta daquilo que programamos mentalmente para nós, que mentalizamos, que estabelecemos como meta, que ousarmos sonhar, pensar e agir.

Como responsabilidade e contribuição individual, devemos tentar mudar e melhorar o mundo, a sociedade.

No entanto, para que o bem impere, é necessário que se pense o bem, que se aja no bem.

A ética deve ser o guia seguro da nossa atitude mental e da materialização de nossas ações. Devemos ser pessoas “do bem”, pois as vibrações do bem e do amor costumam aplainar os caminhos e iluminar as sendas mais escuras que talvez tenhamos que atravessar. Assim, efetivamente, estaremos fazendo a nossa parte para melhorar o mundo.

Aliás, já disse o poeta(1): “…quem sabe faz a hora, não espera acontecer…”.

Para deixar uma outra imagem poética dessas constatações científicas (e filosóficas), ouso, mais uma vez, tomar uma parte de um verdadeiro poema, utilizado como letra de uma música, escrito por Renato Teixeira(2):

“…penso que cumprir a vida / seja simplesmente / compreender a marcha / ir tocando em frente./ Como um velho boiadeiro / levando a boiada / eu vou tocando os dias / pela longa estrada eu vou / estrada eu sou…”

Sejamos os boiadeiros de nossas boiadas, que são as preocupações, as dificuldades, as lutas, os fracassos, as frustrações, as vitórias, as conquistas, as realizações, a família, o emprego, o salário, etc.

Vamos tocar os dias pela longa estrada da construção de nossa existência, mas não nos esqueçamos jamais que “…estrada eu sou…”, que o caminho, como ele será, somente a nós pertence.

No mesmo poema a que me referi, o autor coloca, em outro trecho, talvez uma das mais belas frases poéticas já escritas, que contém uma grande verdade da vida:

“…cada um de nós / compõe a própria história / cada ser em si carrega / o dom de ser capaz / de ser feliz….”

Devemos desejar a felicidade, persistir no pensamento da felicidade, mentalizar o melhor dos caminhos, ser pessoas “do bem”. Devemos compor a melhor das histórias. Todos temos o dom Divino de sermos capazes de “…ser feliz…”.

Curitiba, 03 de fevereiro de 2006

Carlos Augusto P. Parchen

.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

(1) Geraldo Vandré – “Pra não dizer que não falei de flores”

(2) “Tocando em Frente” – Letra de Renato Teixeira e música de Almir Sater

-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

FORMATAÇÃO E PESQUISA: MILTER – 11-11-2012

mensagens mensagens com flores para facebook

A EQUIPE DA ADDE

LEIA E ESTUDE AS OBRAS BÁSICAS DO ESPIRITISMO

Leia e Estude obras Espíritas

33º Emees: Inscrições Abertas

EMEES

As inscrições para o 33º Emees “Jovens no Além” já começaram:

OBSERVAÇÃO: Devido a problemas técnicos a inscrição para o EMEES não será mais online, conforme tínhamos divulgado. Ela será feita da forma tradicional. Então baixe o formulário específico para o seu tipo de inscrição e siga as orientações corretamente.

Até 15/12/2012 – R$ 80,00 (R$ 40,00 para Sementes de Esperança)
Até 15/01/2013 – R$ 100,00 (R$ 50,00 para Sementes de Esperança)
Após 15/01/2013 não serão aceitas novas inscrições.

Conta para depósito:

  • Banco: BANESTES
    Agência: 106 (Vitória). C/c: 1.983.832
    Nome: Federação Espírita do Estado do ES
    CNPJ: 28.150.936/0001-18

Garanta já sua vaga! Faça sua inscrição aqui!

1. Escolha o tipo de inscrição e faça o download do formulário.

CONFRATERNISTA (EVANGELIZANDO)

Pré-requisitos:

  1. Ter 14 anos de idade (ou mais) completos até o primeiro dia do Emees (09/02/2013);
  2. Ter participado da evangelização da Casa Espírita no ano de 2012 com mais de 75% frequência…

Ver o post original 330 mais palavras

ADVERTÊNCIA DE AMOR

ADVERTÊNCIA DE AMOR

Prevê o Evangelho que, em dias futuros, a dor teria dimensões inimagináveis, aturdindo e arrastando multidões ao desespero.
Vivemos hoje esses dias, sem disfarce.
Ninguém se engane ou engane aos outros.
Tenhamos a lucidez do discernimento, a perseverança da convicção e a coragem de lutar.
Cultiva a paciência, mantendo o ideal da fé.
Não reajas pelo hábito de reagires; age pela consciência do equilíbrio.
A consciência de fé proporciona a harmonia da paz, e, nela a felicidade real.
Não te deixes contaminar pela insânia atual.
A ação do Bem é sempre discreta e não se entorpece quando não compreendida.
Não almejando promoções pessoais, ela sempre se renova, persevera e dilui no trabalho quaisquer ressentimento que surjam.
Jesus é o exemplo máximo. Vincula-te a Ele.
Não cries novidades que promovam o ego, mas sustenta o belo, o bom e o nobre.
Assim terás força para vencer as tentações vis e servirás de estímulo aos desalentados caídos.

(Divaldo P. Franco/Joanna de Ângelis. In: Desperte e seja feliz)

Abraços com carinho

Equipe CVDEE

CVDEE – Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo
www.cvdee.org.br

Eternity – EC.wav

NA HORA DA CRISE

NA HORA DA CRISE

Reunião pública de 5/10/1959

Questão 466 de O Livro dos Espíritos

Na hora da crise, emudece os lábios e ouve as vozes que falam, inarticuladas, no imo de ti mesmo.

Perceberás, distintamente, o conflito.

É o passado que teima em ficar e o presente que anseia pelo futuro.

É o cárcere e a libertação.

A sombra e a luz.

A dívida e a esperança.

É o que foi e o que deve ser.

Na essência, é o mundo e o Cristo no coração.

Grita o mundo pelo verbo dos amigos e dos adversários, na Terra e além da Terra.

Adverte o Cristo, através da responsabilidade que nos vibra na consciência.

Diz o mundo: acomoda-te como puderes.

Pede o Cristo: levanta-te e anda.

Diz o mundo: faze o que desejas.

Pede o Cristo: não peques mais.

Diz o mundo: destrói os opositores.

Pede o Cristo: ama os teus inimigos.

Diz o mundo: renega os que te incomodem.

Pede o Cristo: ao que te exija mil passos, caminha com ele dois mil.

Diz o mundo: apega-te à posse.

Pede o Cristo: ao que te rogue a túnica cede também a capa.

Diz o mundo: fere a quem te fere.

Pede o Cristo: perdoa sempre.

Diz o mundo: descansa e goza.

Pede o Cristo: avança enquanto tens luz.

Diz o mundo: censura como quiseres.

Pede o Cristo: não condenes.

Diz o mundo: não repares os meios para alcançar os fins.

Diz o Cristo: serás medido pela medida que aplicares aos outros.

Diz o mundo: aborrece os que te aborreçam.

Pede o Cristo: ora pelos que te perseguem e caluniam.

Diz o mundo: acumula ouro e poder para que te faças temido.

Diz o Cristo: provavelmente nesta noite pedirão tua alma e o que amontoaste para quem será?

Obsessão é também problema de sintonia.

O ouvido que escuta reflete a boca que fala.

O olho que algo vê assemelha-se, de algum modo, à coisa vista.

Não precisas, assim, sofrer longas hesitações nas horas de tempestade.

Se realmente procuras caminho justo, ouçamos o Cristo, e a palavra dele, por bússola infalível, traçar-nos-á rumo certo.

(Francisco Cândido Xavier por Emmanuel. In: Religião dos Espíritos)

Abraços com carinho
Equipe CVDEE

CVDEE – Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo
www.cvdee.org.br

BONDADE TAMBÉM SE APRENDE

CORA CORALINA – “Bondade também se aprende”

”Eu não tenho medo dos anos e não penso em velhice. E digo prá você: não pense. Nunca diga estou envelhecendo ou estou ficando velha.

Eu não digo. Eu não digo que estou ouvindo pouco. É claro que quando preciso de ajuda, eu digo que preciso.

Procuro sempre ler e estar atualizada com os fatos e isso me ajuda a vencer as dificuldades da vida.

O melhor roteiro é ler e praticar o que lê. O bom é produzir sempre e não dormir de dia. Também não diga prá você que está ficando esquecida, porque assim você fica mais.

Nunca digo que estou doente, digo sempre: estou ótima. Eu não digo nunca que estou cansada.

Nada de palavra negativa.

Quanto mais você diz estar ficando cansada e esquecida, mais esquecida fica. Você vai se convencendo daquilo e convence os outros. Então silêncio! Sei que tenho muitos anos.

Sei que venho do século passado, e que trago comigo todas as idades, mas não sei se sou velha não.

Você acha que eu sou? Tenho consciência de ser autêntica e procuro superar todos os dias minha própria personalidade, despedaçando dentro de mim tudo que é velho e morto, pois lutar é a palavra vibrante que levanta os fracos e determina os fortes.

O importante é semear, produzir milhões de sorrisos de solidariedade e amizade.

Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça.

Digo o que penso, com esperança. Penso no que faço com fé. Faço o que devo fazer, com amor.

Eu me esforço para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende.”

CORA CORALINA

NA REVOLUÇÃO ESPIRITUAL

Olá Alma Irmã, nossas Fraternais Saudações!
Desejamos a você e aos seus amores um ótimo final de semana com muita paz e saúde!
Abraços fraternais.
Centro Espírita Caminhos de Luz-Pedreira-SP-Brasil
NA REVOLUÇÃO ESPIRITUAL

Afirmação de fé. Exemplo de confiança.

As sombras se agitam, desorientadas, quando a luz se faz mais intensa. Indiscutivelmente, os problemas não desaparecem de vez. No entanto, é forçoso que o servidor se mantenha firme no posto de ação e vigilância, com a alegria de quem cumpre o dever.

Rogamos observação e prece, firmeza de ânimo e disposição a servir.

Estamos na condição do cultivador que se encontra em árduo serviço no solo, achanando a gleba e manejando o arado para lançar, por fim, a semente renovadora e produtiva. Realizado o trabalho da plantação, surge o período abençoado da espera.

E de tanta paz carecemos na complementação do serviço que, para sermos mais precisos, somos impelidos a lembrar a tarefa do cirurgião cujo esforço, em seguida ao trabalho operatório, é compelido a aguardar as respostas orgânicas do paciente.

Estejamos no desempenho de nossas atividades normais, dentro daquele preceito do orai e vigiai, porquanto, aqueles irmãos nossos do passado, a quem suplicamos renovação para eles e para nós, muito dificilmente se dispõem a essa mesma renovação.

Tenhamos paciência e calma, bom ânimo e fé, e assim, como usamos medicamentos, em doses certas e nas ocasiões certas, a fim de que o desequilíbrio do corpo desapareça em favor da saúde, adotemos comportamento análogo mobilizando palavras de paz, amor e bênção, ante as dificuldades da alma, para que se nos refaça a harmonia espiritual.


pelo Espírito Batuira – Do livro: Mais Luz, Médium: Francisco Cândido Xavier.

Acesse o nosso site: www.caminhosluz.com.br