PENSANDO EM DEUS

Pensando em Deus

 

Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus. 1 João 4:15 

 

Vemos na terra incursões do homem no campo bélico e dialético na defesa de “seu” Deus.

 

Vemos na terra hoje inúmeras religiões sendo criadas e/ou renovadas, visando a defesa dos valores dogmáticos de um Deus exclusivista.

 

Vemos discussões familiares ou entre grupos sociais fazendo prevalecer, um sobre o outro, à força ou por meios subliminares, seu Deus.

 

Vemos crianças, tenras em sua inocência, sendo manipuladas em sua estruturação e formação psicoemocional, com uma idéia estereotipada de Deus.

 

Deus não é propriedade, não está em dogmas, não deve ser imposto ou dotado de estereótipos humanos.

 

Deus é e, está em nós.

 

É amor dinâmico, é luz imarcescível a iluminar o caminho.

 

É-nos, em complexa rede de solidariedade e fraternidade fazendo, de nós, seus elementos constituintes do grande todo.

 

Se, em princípio, somos ignorantes e puros, ele é-nos o aval amoroso para que possamos sublimar todas a escaramuças e vencermos pelo seu Amor.

 

É a justiça sem imposição. Um Pai que ama ilumina sem ofuscar, corrige sem violentar, traz de volta ao regaço a ovelha desgarrada sem medir esforços.

 

Deus é o universo e, é-se. Tudo está nele e, ele está em tudo. É adogmático, atemporal e imponderável. É legitimo em sua justiça e incansável em seu amor.

 

Tem por todos nós amor igual e infindável. Espera que cada um veja, dentro de si, parte indelével de seu amor paternal.

 

Não nos cobra arrependimento, nem honrarias.

 

Cobra-nos apenas vontade ao progresso, não importando em qual degrau evolutivo estejamos.

 

A inação e inércia, para ele, são degraus necessários, conquanto temporários.

 

Lembremos, aqui, que ele quer apenas nossa felicidade.

 

Lutemos incansavelmente pela nossa melhoria, deixando que cada um defina, em paz com sua consciência, qual será seu tempo e, sua hora para a vitória com e, no Pai.

 

Que Deus, que está, é, constitui e vive, em todos e, em tudo, nos abençoe.

 

Lembre-se de que o mal não merece comentário em tempo algum. (André Luiz, Nas conversações, Capítulo 9, Agenda Cristã, Psicografia de Chico Xavier.)

Anúncios

Obrigado pela visita! Deixe seu comentário aqui! Indique o Mensagens Espíritas a um amigo! Muita paz

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s