FORA DO CORPO – MAIS UM VÍDEO SUPERLEGAL DOS AMIGOS DA LUZ

Sem exageros, é muito bom manter a forma e cuidar da beleza do corpo físico. Mas e a alma? Como torná-la igualmente bonita? Não se esqueça que é o espírito que mostra quem REALMENTE somos…

Gostou do vídeo? Então não esqueça de CURTIR, COMPARTILHAR e SE INSCREVER no Canal!

Instale nosso APLICATIVO no seu celular para não perder nenhum vídeo:
ANDROID – http://goo.gl/aCHNxi
IPHONE – https://goo.gl/3dlokH
WINDOWS PHONE e PC – http://goo.gl/hDztnq

Nossa Página no facebook:
https://www.facebook.com/amigosdaluz

Conheça a Rede Amigo Espírita:
http://www.redeamigoespirita.com.br/

————–

ELENCO:
Jean Rizo
Loeni Mazzei
Fábio de Luca

EQUIPE TÉCNICA:
Roteiro / Direção / Montagem – Fábio de Luca
Produção / Arte / Captação de som – Fábio Oliviere
Fotografia – Alexandre Souza
Assistente de Produção – Sidney Grillo

REALIZAÇÃO:
Cia Amigos da Luz
http://www.amigosdaluz.com

LIGAÇÃO DO PLANO ESPIRITUAL – MAIS UM VÍDEO SUPERBACANA DOS AMIGOS DA LUZ

“Sucede que a Terra vivencia, neste período, a grande transição de mundo de provas e de expiações para mundo de regeneração. (…)
Reencarnastes para contribuir em favor da Nova Era. As vossas existências não aconteceram ao acaso, foram programadas.
O Espiritismo é Jesus que volta de braços abertos, descrucificado, ressurreto e vivo, cantando a sinfonia gloriosa da solidariedade.
Dai-vos as mãos! Que as diferenças opinativas sejam limadas e os ideais de concordância sejam praticados. Que, quaisquer pontos de objeção tornem‑se secundários diante das metas a alcançar.” Mensagem psicofônica de Bezerra de Menezes (espírito) transmitida pelo médium Divaldo Franco.

Gostou do vídeo? Então não esqueça de CURTIR, COMPARTILHAR e SE INSCREVER no Canal!

Instale nosso APLICATIVO no seu celular para não perder nenhum vídeo:
ANDROID – http://goo.gl/aCHNxi
IPHONE – https://goo.gl/3dlokH
WINDOWS PHONE e PC – http://goo.gl/hDztnq

Nossa Página no facebook:
https://www.facebook.com/amigosdaluz

Conheça a Rede Amigo Espírita:
http://www.redeamigoespirita.com.br/

————–

ELENCO:
RUBENS – Alex Moczydlower
ATENDENTE – Loeni Mazzei
VOZ NO AVIÃO – Fábio de Luca

EQUIPE TÉCNICA:
Roteiro / Direção / Montagem – Fábio de Luca
Produção / Arte – Fábio Oliviere
Fotografia – Alexandre Souza
Captação de som – Jean Rizo
Assistente de Produção – Sidney Grillo

REALIZAÇÃO:
Cia Amigos da Luz
http://www.amigosdaluz.com

Promoções Mês de Férias com até 35%Off”

Aliança Livraria
www.aliancalivraria.com.br
X6qGkC.jpg qdJyoD.jpg S2Mpvo.jpg
oUGrzd.jpg pXdbtm.jpg QYEb0c.jpg
PM_EN_FooterDivider.png1433968151.jpg
9196.jpg 9195.jpg 9185.jpg
FABULAS DE LA FONTAINE

FRANCISCO DO ESPIRITO SANTO NETO / HAMMED

30% DE DESCONTO

PREÇO DE CAPA R$ 38,00 PROMOÇÃO R$ 26,60 14dhsas.jpg

LUIZ GASPARETTO RESPONDE

LUIZ GASPARETTO / LUCIO MORIGI

25% DE DESCONTO
PREÇO DE CAPA R$ 17,90
PROMOÇÃO R$ 13,42
14dhsas.jpg

PRONTO PARA RECOMECAR

SULAMITA SANTOS / MARGARIDA DA CUNHA

30% DE DESCONTO

PREÇO DE CAPA R$ 37,90
PROMOÇÃO R$ 26,53

14dhsas.jpg

PM_EN_FooterDivider.png1435854358.jpg
9181.jpg 9183.jpg 9184.jpg
VIVER E A MELHOR OPCAO

ANDRE TRIGUEIRO

25% DE DESCONTO
PREÇO DE CAPA R$ 28,50

PROMOÇÃO R$ 21,3814dhsas.jpg

VIVER PARA SENTIR SE VIVO

ALBERT BOSCH

25% DE DESCONTO
PREÇO DE CAPA R$ 33,90
PROMOÇÃO R$ 25,42
14dhsas.jpg

TORNANDO SE LIVRE

CHRISTY MONSON

36% DE DESCONTO

PREÇO DE CAPA R$ 39,90
PROMOÇÃO R$ 25,42

14dhsas.jpg

PM_EN_FooterDivider.png1431440435.jpg
9170.jpg 9193.jpg 9194.jpg
SENHORA DO SOLAR (A)
VERA LUCIA M. DE CARVALHO / ANTONIO CARLOS

26% DE DESCONTO
PREÇO DE CAPA R$ 27,90

PROMOÇÃO R$ 20,64
14dhsas.jpg

REENCONTROS
AMADEU RIBEIRO

30% DE DESCONTO

PREÇO DE CAPA R$ 36,90

PROMOÇÃO R $ 25,83

14dhsas.jpg

NINGUEM FOGE DA VIDA

CARLOS HENRIQUE DE OLIVEIRA

25% DE DESCONTO

PREÇO DE CAPA R$ 32,90
PROMOÇÃO R$ 24,67

14dhsas.jpg

40.jpg

images?q=tbn:ANd9GcTUi4rQ5olovlwDn3oDBlJxxarsCPhLfzVKKqz7coSWV89MV8iW

site_seguro.jpg
images?q=tbn:ANd9GcQNUaJS3sFBQPfE6y0H2lXfR8qGElqJr2joKy8-gXSDMGa817WW

2vt1eg4.jpg foluna.jpg

COMECEMOS

COMECEMOS
Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia de Francisco Cândido Xavier.
Livro: Marcas do Caminho. Lição nº 23. Página 74.
Mensagem recebida no Centro Espírita Luiz Gonzaga em Pedro Leopoldo em 16.02.1953.

Se desejas integrar a fileira dos redentores do mundo, através da palavra escorreita e dos gestos brilhantes, não te esqueças da caridade ao próximo que se encontra mais próximo de ti.
Não esperes pelos quadros públicos de sofrimento para começar…
Recorda a casa em que nascestes, a oficina em que trabalhas, a instituição de fé religiosa a que te afeiçoas, a rua em transitas…
A caridade é uma bênção que cabe em toda parte e que pode exteriorizar-se do vaso de teu coração incessantemente…
Para teus pais:
– é respeito e carinho.
Para teu esposo:
– é renúncia e bondade.
Para tua companheira:
– é proteção e ternura.
Para teus filhos:
– é auxilio e entendimento.
Para teus irmãos:
– é concurso fraterno em todos os instantes.
Para o teu parente transviado:
– é socorro e cooperação.
Para o teu superior:
– é reverência e boa vontade.
Para o teu subalterno:
– é ajuda e orientação.
Para os associados de ideal ou de crença:
– é solidariedade.
Para o visitante que cultiva a maledicência:
– é tolerância e esclarecimento sem alarde.
Para quem te insulta:
– é o silêncio.
Para quem te persegue:
– é a oração.
Para quem te calunia:
– é o esquecimento.
Para quem não te compreende:
– é amparo maior.
Para quem te despreza:
– é a compaixão que não se queixa.
Para quem te fere:
– é o perdão incondicional.
Para teu amigo:
– é a sinceridade sem afetação.
Para teu adversário:
– é a generosidade sem limites.
Não olvides que a oportunidade de trabalhar é a maior caridade que nós mesmos estamos recebendo do Senhor e, desse modo procuremos ajudar a todos os que nos cercam, facilitando-lhes a tarefa individual.
Não aguardes uma torrente de ouro para exercitar a divina virtude.
Encetemos o sublime trabalho, espalhando a boa palavra e a gentileza fraterna, com aqueles que nos rodeiam de perto.
Ninguém auxiliará aos irmãos de longe, sem devotar-se ao soerguimento dos mais próximos.
Lembra-te, pois, daqueles que o Senhor te confiou na luta de cada dia e comecemos a plantação do amor imortal desde hoje.

REFORMAS DE METADE

REFORMAS DE METADE

Desde a primeira hora da Doutrina Espírita recomendam os emissários da Esfera Superior uma reforma urgente, inadiável, intransferível: a reforma de cada um de nós, nas bases traçadas pelo Evangelho de Jesus.

Isso porque toda reforma nas linhas da boa intenção será respeitável, mas somente a renovação interior é fundamental.

Tudo o que vise melhorar a vida deve ser feito, no entanto, se não nos melhoramos, todas as aquisições efetuadas são vantagens superficiais.

Qualquer benefício externo para ser benefício real depende de nós.

A luz que nos auxilia a escrever uma página de fraternidade pode ser aproveitada pelo companheiro menos feliz para traçar uma carta que favorece o crime.

O dinheiro que nos custeou a movimentação para o estudo das leis morais que nos governam o destino é o mesmo que está sendo despendido pelos que compram a decadência do corpo e da alma nos redutos do álcool.

O automóvel que nos conduz ao cenáculo de oração onde louvamos a Bondade Divina, transporta de igual modo a locais determinados os que se reúnem para a negação da fé.

A morfina que alivia o sofrimento na dose adequada não é diversa da que garante os abusos do entorpecente.

Justo que não se impeça a formação de medidas destinadas ao bem comum.

A higiene é um atestado eloqüente de que ninguém deve e nem pode viver sem a Constante renovação exterior.

O Espiritismo, porém, nos adverte de que todas as modificações por fora, ainda as mais dignas, são reformas de metade, que permanecerão incompletas sem as reformas do homem que lhes manejará os valores.

Reflitamos nisso, observando o caminho e a meta. Sem estrada não alcançarmos o alvo, entretanto, a estrada é o meio e o alvo é o fim.

Para sermos mais precisos, resumamos o assunto com a lógica espírita, num raciocínio ligeiro e claro: todos nós, os ignorante e os sábios, os justos e os injustos, podemos fazer o bem e devemos fazer o bem, acima de tudo, é preciso ser bom…

Pelo Espírito André Luiz – Do livro: Opinião Espírita, Médium: Francisco Cândido Xavier.

SOCORRO TARDIO

SOCORRO TARDIO

Você já parou para pensar, algum dia, a respeito da caridade?

De um modo geral, confundida com a esmola pura e simples, o dar para se ver livre do pobre, do pedinte, dar para que ele se vá, de uma vez.

Face aos problemas da fome, da miséria, já não lhe ocorreu dizer: Isto é um problema do governo? Será mesmo?

Afinal, quem, em que hora, quando e em que lugar deve praticar a caridade?

Certa vez, no tempo dos czares, no Teatro de Moscou, foi representada uma peça muito célebre.

Todas as dependências estavam totalmente tomadas pelos membros da realeza.

O enredo girava em torno dos sofrimentos de um soberano místico que, em meio a cruéis padecimentos, sacrificou-se pela fé cristã.

A música enlevava os corações da nobreza assistente. Todos se identificavam com as agonias cristãs da personagem que, de alguma forma, traduzia um pouco do íntimo de cada um.

Quando findou o colorido espetáculo, à saída do Teatro, deitado sob a marquise, estava um mendigo.

Tiritava de frio. Parecia que delirava em meio à nevasca da noite.

Uma das damas da corte, ao descer as escadarias que a levariam à sua carruagem, movida por um natural impulso de bondade, retirou o rico casaco de peles que a agasalhava, e se encaminhou em direção ao pobre homem, com a firme intenção de o cobrir.

A dama que lhe fazia companhia, porém, percebendo o que a outra iria fazer, a deteve.

Não faças isso!

De que adiantaria a esse miserável uma peça de vestuário de tal valor? Amanhã enviarás, por um dos teus servos, agasalhos quentes para ele.

A dama do casaco de alto preço, movida agora por sentido utilitarista da vida, respondeu: Sim, tens razão. E tornou a vestir o casaco, buscando a carruagem.

Chegaram ao luxuoso castelo, tomaram um chá quente e reconfortante e buscaram as camas aconchegantes.

Esqueceram da agonia do desconhecido tombado sob a marquise gélida.

No dia seguinte, despertando já manhã alta, a dama recordou-se do homem tiritante de frio.

Chamou um de seus servos e ordenou que levasse agasalhos ao pobre homem.

Quando lá chegou, o serviçal se deparou com o desconhecido já morto, sendo removido pela polícia.

* * *
O fato responde aos questionamentos iniciais.

Sempre que a caridade recebe a interferência de polêmicas, discussão, debate, invariavelmente o socorro chega atrasado.

É necessário que cada um de nós faça o bem hoje. Há muitas formas de se praticar a caridade:

Retirar alguém da escuridão do analfabetismo. Providenciar internamento devido a um doente sem recursos.

Levar o remédio necessário ao que se encontra no leito. Propiciar o leite a uma criança cuja mãe já apresenta os seios vazios.

Ofertar um brinquedo ao menino de rua, ao garoto sem pais, à criança que espera.

Enfim, ser caridoso é fazer aos outros o que desejamos que os outros nos façam, tanto no aspecto material como no moral.

* * *
As nossas posses de nada valerão se não tivermos no cofre do coração o pão da caridade e a palavra consoladora da misericórdia que nos compete distribuir.

Dar do que nos sobra é dever de solidariedade, dar um tanto mais é doação plena.

(Redação do Momento Espírita com base no cap. 9 do livro Moldando o terceiro milênio, de Fernando Worm, ed. Leal e cap. 16 do livro Estudos espíritas, do Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Feb. – www.momento.com.br)