AMIGOS DA LUZ AMANHÃ NA RAMATIS – TIJUCA -19 HS – NA PRAÇA DOS GIRASSÓIS

No Ramatis – Tijuca – RJ.
Não perca essa divertidíssima comédia musical:


Arte & Espiritismo – divulgue essa idéia!
Repasse aos amigos.

A SABEDORIA DO DESAPEGO

A SABEDORIA DO DESAPEGO…

Bom é agir e bom é abster-se da atividade; tanto isto como aquilo conduz à meta suprema. Mas, para o principiante, melhor é agir corretamente. O verdadeiro renunciante é somente aquele que nada deseja e nada recusa, inatingido pelos opostos, tanto no seu agir como no seu desistir; não afetado nem por esperança nem por medo. Os ignorantes tecem teorias sobre o agir e o conhecer, como se se tratasse de duas coisas distintas: mas os sábios estão convencidos de que quem faz isto, não deixa de colher os frutos daquilo.

O reino da quietude que os sábios conquistam pela meditação é também conquistado pelos que praticam ações; sábio é aquele que compreende que essas duas coisas – a consciência mística e a ação prática – são uma só em sua essência. Difícil tarefa, herói, é alcançar o estado de renúncia sem ação e sem que o espírito da fé penetre o coração. O sábio que, pela força da verdade, renuncia a si mesmo, integra-se em Brahman. Esse é puro de coração, forte no bem e senhor de todos os seus sentidos; a sua vida está a serviço da vida de todos, e ele realiza todas as ações sem ser escravizado por nenhuma delas. Porquanto reconhece que não é ele que age, quando vê, ouve ou sente. Pois, quando vê ou ouve, cheira ou come, dorme ou respira, quando abre ou fecha os olhos, quando dá ou recebe ou exerce outro ato sensório qualquer – não são senão seus sentidos que operam com esses objetos externos.

Quem tudo faz sem apego ao resultado dos seus atos faz tudo no espírito de D’eus e, como a flor de lótus, incontaminada pelo lago em que vive, permanece isento do mal. Com todas as forças do espírito, da mente, do coração e do corpo luta o yogui pela purificação de sua alma, sem nada buscar para si mesmo em tudo o que faz. Quem a tudo renuncia, jubiloso, alcança, já agora, a mais alta paz do espírito; mas quem espera vantagem das suas obras é escravizado pelos seus desejos. O sábio que, em corpo terrestre, se libertou do egoísmo, habita, mesmo quando age, no céu da sua paz, na “cidade dos nove portais”; não tem desejos, nem induz outros a terem desejos. O Senhor do Universo não cria a ação nem o impulso de agir, nem o desejo dos frutos da atividade – tudo isso nasce da natureza finita do indivíduo.

O Senhor do Universo não toma sobre si as culpas dos homens, porque está acima de todas as ações, perfeito em si mesmo. Erram os homens por sua própria ignorância, porque a luz da verdade está envolta nas trevas da ilusão. Mas quando as trevas sedem à luz, amanhece o dia, e, assim como o sol em pleno esplendor, revela-se ao Ser Supremo. Quem se integra no Ser Supremo e nele repousa está livre da incerteza e trilha caminho luminoso, do qual não há retorno, porque a luz da verdade o libertou do mal. Quem vive na luz da Verdade vê D’eus em todos os seres. Os que estão firmes na luz da verdade venceram o mundo, já aqui na terra, pela fé na harmonia universal; porquanto Brahman transcende todas as condições da dualidade, habitando na suprema unidade – quem o conhece, repousa em Brahman.

Quem vive firmemente consolidado na consciência de Brahman não sucumbe à alegria, na prosperidade, nem à frustração, na adversidade – mas remonta à claridade sem nuvens e se integra na Divindade. Quem preserva sua alma livre de todas as coisas que vêm de fora realiza o seu verdadeiro EU, atinge a Paz Profunda, a beatitude do verdadeiro ser. As alegrias que brotam do mundo dos sentidos encerram germes de futuras tristezas; vêm e vão; por isso, ó príncipe, não é nelas que o sábio busca a sua felicidade. Feliz é aquele que, durante a vida terrestre, consegue libertar-se dos impulsos que geram paixão e ódio, estabelecendo-se firmemente no espírito da união com D’eus. É ele, na verdade, um santo, que encontra o céu dentro de si mesmo. Todos os que, libertos de ódio e paixões, fortes na humildade e iluminados pela fé, superaram o seu ego humano e realizaram em si o Eu divino, todos eles se aproximaram da verdadeira Paz em D’eus.

O yogui que habita na luz, que se abstém do contato com o mundo dos sentidos, cujo olho espiritual se abriu e cuja respiração espiritual se sintonizou com a respiração corporal. Ele, que repleto da virtude de D’eus, governa o coração e a mente, e, sem egoísmo, anseia pela redenção – esse se libertou de si mesmo e vive na paz eterna, aqui e por toda a parte. Ele sabe, que EU SOU a Essência em todas as Existências; eu, o Imanifesto em todos os Manifestos: eu, a suprema e imutável Realidade em todos os mundos em incessante mutação; eu, refúgio e proteção de todas as criaturas. Quem isto sabe, encontrou a paz…

(d.a.)

ITENS DA IRRITAÇÃO

Olá Alma Irmã, nossas Fraternais Saudações!
Desejamos a você e aos seus amores um Ótimo final de semana, com MUITA SAÚDE E PAZ!
Abraços fraternais.
Centro Espírita Caminhos de Luz-Pedreira-SP-Brasil
ITENS DA IRRITAÇÃO
Enquanto no clima da serenidade, consideremos que a irritação não é recurso de auxílio, sejam quais sejam as circunstâncias.

O primeiro prejuízo que a intemperança mental nos impõe é aquele de afastar-nos a confiança dos outros.

A cólera é sempre sinal de doença ou de fraqueza.

As manifestações de violência podem estabelecer o regime do medo, ao redor de nós, mas não mudam o íntimo das pessoas.

Sempre que nos encolerizamos, complicamos os problemas que nos preocupam, ao invés de resolvê-los.

O azedume que venhamos a exteriorizar é, invariavelmente, a causa de numerosas perturbações para os entes queridos que pretendemos ajudar ou defender.

Caindo em fúria, adiamos comumente o apoio mais substancial daqueles companheiros que se propõem a prestar-nos auxílio.

A cólera é quase sempre a tomada de ligação para tramas obsessivas, das quais não nos será fácil a liberação precisa.

A aspereza no trato pessoal cria ressentimento, e o ressentimento é sempre fator de enfermidade e desequilíbrio.

Em qualquer assunto, de apaziguamento e aprendizado, trabalho e influência, aquisição ou simpatia, irritar-se contra alguém ou contra alguma cousa será sempre o recesso inevitável de perder.


pelo Espírito Emmanuel – Do livro: Encontro de Paz, Médium: Francisco Cândido Xavier.
Acesse o nosso site: www.caminhosluz.com.br

AUSÊNCIA DE LIMITES

AUSÊNCIA DE LIMITES …

Indivíduos descontrolados não possuem limites.

Não respeitam as possibilidades, tampouco a individualidade dos outros…

Invadem, de forma constante, nossa privacidade e transgridem nossos territórios emocionais, acreditando estar no direito de fazer isso…

Desenvolver limites saudáveis nos dá uma percepção exata de até onde nos permitimos ir, em relação com os outros e com nós mesmos…

Precisamos aprender a “dizer sim” ou a “dizer não”, quando necessário…

Não devemos permitir que os outros nos controlem, ou mesmo, nos desrespeitem…

Não podemos ser responsáveis pelos desatinos dos adultos infantilizados e inseguros…

Enquanto os indivíduos abrirem mão de seu poder pessoal, dado por Deus, de sentir, pensar, agir e de conduzir-se no agora com o melhor de si, e permitirem que os outros determinem quando devem ficar alegres ou tristes, o que devem dizer ou fazer, ou como lidar com determinada situação, serão como folhas perdidas no solo durante uma tempestade: conduzidas aleatoriamente para onde o vento levar…

- Francisco do Espírito Santo Neto / Hammed …

PÃO NOSSO

O Mestre recomendou a cura dos enfermos,
mas sempre ensinando
a importância da mudança das atitudes,
dizendo: “Vá e não peques mais”,
ou “tua fé te salvou”, ou “não temas,
crê somente”, ou, ainda
“a fé remove montanhas”.
Em síntese, aconselhava ao homem
novos rumos em sua vida.
(Emmanuel – Pão Nosso)

REFLEXÕES

REFLEXÕES …

O seu hoje representa as ações antes realizadas e o seu amanhã defluirá das suas atividades hoje desenvolvidas…

Tudo é importante na vida… Os pequenos atos são preparatórios dos gestos grandiosos e das realizações vultosas…

Como se medem a grandeza ou a pequenez das criaturas graças aos ideais que possuem, é na ação que se avalia a excelência das suas aspirações, pois que aí, ao operá-las, trazê-las ao mundo objetivo, é que elas experimentam a intensidade dos fornos onde são lançadas antes de se tornarem realidade…

Junta a tua a outras candeias que estejam ardendo na noite das aflições, derramando para luminosidade….

A Terra é um grande hospital de almas. …

- Joanna de Ângelis …

***

FORMIGUINHA…

250101.png

DOAÇÕES DE SANGUE PARA AS VÍTIMAS DA CHACINA NA ESCOLA DE REALENGO

Oi%C3%AA%21%21.png

Onde fazer as DOAÇÕES:

Hemorio PABX: (21) 2332-8611

Rua Frei Caneca, 8
Centro – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 20211-030

Banco de Sangue Rio de Janeiro
Rua C ondede Irajá, 183 – Botafogo, Rio de Janeiro – RJ,(21) 2527-7300 ?

CTA-Centro de Transfusão e Aférese Ltda Tel: (21) 2224-0945

Rua Sto Amaro, 80
Glória – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 22211-230

Hemolad Serv de Hemoterapia e Hematologia Tel: (21) 3685-1008

Rua Lvr Francisco Alves, s/n
Tijuca – Rio de Janeiro – RJ

Hemolad Serv de Hemoterapia e Hematologia Ltda Tel: (21) 3294-8884
mais telefones

Rua Cde Bonfim, 1033 rt E
Tijuca – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 20530-001

Hemolad Serviços De Hemoterapia Tel: (21) 2238-2114

Rua Guaxupé, 107 AP 804
Tijuca – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 20510-400

Hemolad Serviços de Hemoterapia e Hematologia Tel: (21) 2481-1475

Av: Vicente Carvalho, 1159
Vicente de Carvalho – Rio de Janeiro -CEP: 21210-623

Hemolad Serviços de Hemoterapia e Hematologia Tel: (21) 2591-3103

Rua Apuí, 54
Cascadura – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 21350-110

Hemolad Serviços de Hemoterapia e Hematologia Tel: (21) 2547-0494

Tv Frederico Pamplona, 32
Copacabana – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 22061-080

Hemolad Serviços de Hemoterapia e Hematologia Ltda Tel: (21) 2481-1475

Av Vicente Carvalho, 1159
Vila da Penha – Rio de Janeiro – RJ – CEP: 21210-623

DECIDA BRILHAR

Decida brilhar!

Se você for uma pessoa que brilha
é bem provável que ao longo do caminho
encontre pessoas ou circunstâncias que tentarão apagar seu brilho
Mas, não se intimide! Brilhe assim mesmo!
Nada poderá ofuscar a luz que habita em você!
É dom de Deus!
É graça!
Brilhar é fazer das noites sombrias, versos e poesias
Brilhar é servir essa mesma poesia em uma bandeja, enfeitada com morangos e cerejas
Brilhar é juntar o rio de lágrimas desprezadas ao chão,
e lançá-las a um lugar muito mais alto, onde formam-se as chuvas para o próximo verão.
Brilhar é doar-se por amor, oferecer as mãos junto com o coração.
Brilhar é saber esperar o inverno passar, com o coração aquecido de esperança.
Brilhar é espalhar pétalas no caminho, sem se preocupar com quem vai passar, ou não…
Brilhar é voltar atrás e corrigir o tráfego, reconhecer que faltou barro pra sustentar a construção.
Brilhar é ser diferente!
É ter alma de criança!
É ter mel dentro de si, é brincar com os bem-te-vis… Seja no inverno…
Seja no verão!

♥Arnalda Rabelo♥


SÍNTESE DAS ANTÍTESES

SÍNTESE DAS ANTÍTESES …

Só temos consciência do belo,

Quando conhecemos o feio…

Só temos consciência do bom,

Quando conhecemos o mau…

Porquanto, o Ser e o Existir,

Se engendram mutuamente…

O fácil e o difícil se complementam…

O grande e o pequeno são complementares…

O alto e o baixo formam um todo…

O som e o silêncio formam a harmonia…

O passado e o futuro geram o tempo…

Eis porque o sábio age…

Pelo não agir,

E ensina sem falar,

Aceita tudo que lhe acontece…

Produz tudo e não fica com nada…

O sábio tudo realiza e nada considera seu…

Tudo faz – e não se apega à sua obra…

Não se prende aos frutos da sua atividade…

Termina a sua obra…

E está sempre no princípio…

E por isto a sua obra prospera…

- Lao Tsé …

***

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 11.575 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: