Não cometeis adultério.

Não cometeis adultério.

Adultério é uma palavra que derivou da expressão em latina ad alterum
torum que significa literalmente na cama de outro(a) que designava a
prática da infidelidade conjugal e com o tempo se estendeu ao sentido de
fraudar ou falsificar adjeta ao verbo “adulterar”..
Assim, o que adultera (…) é falto de entendimento; aquele que faz
isso destrói a sua alma. Provérbios 6:32 (mod).

Lutemos para:

Não adulterar nossas vidas em função do jogo fácil das ilusões;

Não adulterar nosso caminho com a estrada falsa da corrupção;

Não adulterar a pureza infantil;

Não adulterar nosso coração com pensamentos ínvios;

Não adulterar no lar com libações alcoólicas ou químicas dolorosas;

Não adulterar nosso presente com leviandades irresponsáveis;

Não adulterar nosso passado, distorcendo-o, tentando reduzir nossas
culpas;

Não adulterar nosso futuro com inadequações no proceder no hoje;

Não adulterar nosso conhecer, roubando idéias alheias;

Não adulterar a tarefa do Cristo, em função de nossas inconveniências
mentais;

Não adulterar a beleza da terra, de vez que somos usufrutuários, mas
não donos;

Não adulterar nossa missão na terra. Estamos aonde damos conta. Não
compliquemos.

Não adulterar a diversidade do entendimento da fé que abraçamos,
lembrando que se a fé é única, a forma de pensar é tão diversa quanto o
infinito o qual não podemos, no momento, conceituar eficazmente.

Não adulterar nosso lar. Ele é nosso castelo da paz. Sejamos honestos e
dignos como varões e viragos (01);

Não adulterar nosso coração com emoções desnecessárias. Basta-nos as
dificuldades oriundas do passado;

Não adulterar a missão do outro. Calemo-nos e conduzamos só nossa barca
já tão complexa.

Pelo descrito acima, o adultério pode ser tratado com tantos mais
detalhes, quanto mais afundarmos no entendimento de nossa vida, no
primado do egoísmo. Certo é que, independente do forma que vemos o
adultério, ainda é e será por tempo incerto, morféia dolorosa a corroer
os valores mais caros do espírito. Que ninguém duvide: cada lágrima que
gerarmos, secaremos no labor objetivo da dor.

Paulo Viotti, com a ajuda dos amigos espirituais (GG)

(01) Virago: feminino de varão.

About these ads

2 comentários sobre “Não cometeis adultério.

  1. muita paz atodos estou aprendendo muito com as mensagens estou procurando coloca-las em pratica no dia a dia.obrigado

Obrigado pela visita! Deixe seu comentário aqui! Indique o Mensagens Espíritas a um amigo! Muita paz

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s